Sintomas de broncoespasmo

Escrito por genevieve van wyden | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Broncoespasmo é apenas um sintoma de uma variedade de doenças do pulmão. Ele ocorre automaticamente quando o paciente não consegue controlar a reação de seus brônquios sem o uso de medicação. Os sintomas clássicos incluem aperto no peito, chiado e tosse persistente. O paciente precisa prestar atenção aos sintomas e buscar tratamento médico imediato.

Outras pessoas estão lendo

Broncoespasmo definido

Broncoespasmo é a contração do músculo liso ao redor dos brônquios. Isso força as vias aéreas a ficarem estreitas e obstruídas. O paciente que experimenta um broncoespasmo terá tosse e chiado. Isso acontece mais frequentemente com quem tem bronquite ou asma. O paciente que sofre de enfisema e doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) também pode experimentar um broncoespasmo.

Tosse

Conforme as vias aéreas se estreitam, o paciente sente dificuldades em respirar. Ele tosse para forçar a abertura das vias aéreas. Ele também pode ter o desejo de tosse para livrar-se da mucosa que está coletando nas vias aéreas durante o broncoespasmo. O muco, que é pegajoso, deixa a respiração ainda mais difícil. A tosse frequente é comum, pois o paciente tenta fazer com que as vias aéreas reabram para respirar mais confortavelmente.

Chiado

O chiado é uma característica da asma; ele soa como um apito estridente enquanto o paciente está tentando inspirar e expirar. O chiado é mais audível na expiração, mas às vezes pode ser ouvido com o paciente inspirando. Esse som se desenvolve mais frequentemente em pequenos brônquios abaixo do peito. Novamente, o paciente asmático não é o único que pode desenvolver chiado; aqueles com DPOC, bronquite e enfisema também podem apresentar chiado quando estão tendo dificuldades para respirar.

Aperto no peito

Quando o paciente está com broncoespasmo, o peito se sente apertado, como se alguém estivesse sentado sobre ele. Conforme ele tenta respirar, será mais fácil inalar. Expirar é muito mais difícil, pois os brônquios estão em espasmo. Ao tentar expirar, o ar escapará da boca mesmo depois da expiração.

Importância dos sintomas

É muito importante para os pacientes que sofrem de asma, enfisema, bronquite ou DPOC estarem cientes dos sintomas de broncoespasmo. Esse é o momento quando devem usar o inalador de resgate, o albuterol. Broncoespasmo é a maneira do corpo de anunciar que irritantes estão interferindo na respiração; sejam eles irritantes alérgenos, substâncias químicas ou sprays. Se o doente tiver bronquite ou outra condição, o sistema pode estar em risco de falência se não se reverter o broncoespasmo e permitir a abertura das vias aéreas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível