Os sintomas do choque hipovolêmico na pancreatite aguda

Escrito por dana severson | Traduzido por ricardo torres iupi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os sintomas do choque hipovolêmico na pancreatite aguda
Procure seu médico imediatamente se estiver apresentando os sintomas de pancreatite aguda (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Embora a maioria das pessoas que sofrem de um episódio de pancreatite aguda apresente um ataque moderado, ainda assim existe um perigo potencial de complicações que pode acompanhar a doença. Nem todas as pessoas que têm esse problema pancreático repentino sofrem uma condição debilitante como o choque hipovolêmico, mas é aconselhável estar ciente dos riscos envolvidos.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

A pancreatite aguda é uma condição em que o pâncreas inflama e induz uma dor intensa na região abdominal superior. Normalmente, esse tipo de pancreatite é bastante inesperado, já que não há sinais de alerta reais que podem avisar o indivíduo. Embora essa condição geralmente seja curada após cerca de uma semana de tratamento, algumas pessoas são acometidas por certas complicações.

Complicações

Se você for como a maioria das pessoas, o pâncreas normalmente encontra seu caminho de volta produzindo tanto enzimas digestivas quanto insulina para o seu organismo. Porém, a presença de um obstáculo na recuperação de uma pessoa não é necessariamente inédita e você deve realmente prestar atenção às possíveis complicações que acompanham a pancreatite aguda. Em raras ocasiões, um paciente pode experimentar infecções, excesso de fluidos e até mesmo morte tecidual no pâncreas. No entanto, esses tipos de problemas não são isolados apenas para esse órgão e as pessoas podem encontrar outros problemas que incluem insuficiência renal, insuficiência respiratória e choque hipovolêmico.

Sintomas

Embora os sintomas das falências respiratória e renais sejam muito bem conhecidos, as pessoas que sofrem de choque hipovolêmico raramente sabem o que está acontecendo. O mais evidente pode ser uma mudança na pressão arterial, que muitas vezes se apresenta diminuída -- hipotensão. Você também pode experimentar uma mudança na percepção, por assim dizer, do mundo ao seu redor, passando por um estado de consciência quase alterado.

Efeitos

Ambos os sintomas mais evidentes (hipotensão e alteração do estado de consciência) também podem estar acompanhados por falta de ar ou uma mudança no padrão respiratório, que passa para uma ingestão mais superficial e rápida de ar. Muitas pessoas que sofrem de choque hipovolêmico pode também encontrar-se frias e úmidas e apresentar palidez cutânea. Algumas podem até apresentar uma alteração na quantidade de micção em um determinado dia, estando às vezes diminuída quase pela metade.

Manutenção

Normalmente, quem está passando por um choque hipovolêmico devido à pancreatite aguda terá de procurar atendimento médico, pois as medidas tomadas para controlar essa condição são indispensáveis. Muitas vezes, as pessoas precisam ser submetidas à reposição de fluidos e de sangue, possibilitando assim que pressão arterial volte a um nível seguro e normal. Elas também podem precisar de oxigênio e, possivelmente, de cirurgia (uma vez que o órgão pode estar sangrando ou retendo líquidos).

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível