Sintomas de deficiência de potássio e magnésio

Escrito por brett denton | Traduzido por joan diaz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas de deficiência de potássio e magnésio
Potássio e magnésio são essenciais para o funcionamento do organismo (MariaBrzostowska/iStock/Getty Images)

Potássio e magnésio são dois dos sete minerais que o corpo precisa ter para funcionar corretamente. O potássio ajuda no equilíbrio dos eletrólitos e dos fluidos corporais, integridade das células, contração muscular e transmissão de impulsos nervosos. O magnésio ajuda na mineralização dos ossos, síntese de proteínas, contração muscular, atividade das enzimas, transmissão dos impulsos nervosos, imunidade e a ter dentes saudáveis. De acordo com o livro "Understanding Nutrition", de Ellie Whitney e Sharon Rolfes, a deficiência de potássio é mais causada pela perda desse mineral do que pelo seu consumo inadequado. Já a deficiência de magnésio é rara, mas pode ser causada por alcoolismo, falta de proteínas, doenças nos rins, vômitos prolongados e diarreia.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas de deficiência de potássio

Potássio é um eletrólito e um mineral ao mesmo tempo. Eletrólitos são um meio condutor de eletricidade e são necessários para ativar os músculos e os neurônios. Deficiência de potássio é o desequilíbrio de eletrólitos mais comum. Níveis baixos de potássio podem se dar devido a desidratação, vômito, diarreia, acidose diabética ou por uso de medicamentos, como diuréticos, laxantes fortes e esteroides. Os primeiros sintomas da deficiência de potássio incluem fraqueza muscular, cãibras musculares, fadiga, confusão mental, pressão sanguínea baixa, vômitos, diarreia, náuseas, retenção de sal, prisão de ventre, dores de cabeça, irritabilidade, nervosismo e sede insaciável. Se esta deficiência não for corrigida, sintomas mais sérios podem aparecer, incluindo batimentos cardíacos irregulares, pele extremamente seca, arrepios, depressão, altos níveis de colesterol, intolerância à glicose, crescimento interrompido, edema e ataques cardíacos.

Sintomas de deficiência de magnésio

O corpo não precisa de uma alta quantidade de magnésio para funcionar corretamente, e mesmo quando os níveis são inferiores à dose diária recomendada, os sintomas raramente aparecem exceto em quem já está doente. Os sintomas de deficiência de magnésio incluem confusão mental, fraqueza, alucinações, problemas para engolir, movimentos musculares incomuns (especialmente nos músculos dos olhos e do rosto), convulsões e crescimento atrofiado em crianças.

Dose diária recomendada e fontes alimentícias

Para prevenir a deficiência de potássio e magnéio, tenha uma dieta balanceada. A dose diária recomendada de magnésio é de 400mg por dia para homens e 310mg para mulheres de 19 a 30 anos. O consumo adequado de potássio para adultos é de 4700mg por dia. Estes valores são determinados pela National Academies of Sciences dos Estados Unidos. A dose diária recomendada é a quantidade diária em média considerada adequada para pessoas saudáveis e o consumo adequado é o consumo diário que parece ser adequado mas que precisa de uma pesquisa mais abrangente. O potássio é encontrado em alimentos naturais como carnes, leite, fruitas, grãos, legumes e verduras. Alimentos ricos em magnésio incluem legumes, nozes, vegetais verde-escuros, frutos do mar, chocolates e grãos integrais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível