Sintomas da depressão paranoide

Escrito por erica jacques | Traduzido por samantha g. silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas da depressão paranoide
Depressão e paranoia em conjunto são indícios de uma séria condição psiquiátrica. (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

Paranoia e depressão não costumam aparecer em conjunto, mas quando aparecem, podem ser sintomas de uma séria condição psiquiátrica subjacente.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas da paranoia

A paranoia consiste em suspeitar dos outros. Embora seja comum termos alguns pensamentos paranoicos, a paranoia persistente pode interferir na vida social e profissional. Nesse estágio, a paranoia é considerada uma desordem psiquiátrica genuína. Os sintomas típicos da paranoia incluem isolação e desapego, hostilidade, baixa autoestima e sensação de que as outras pessoas possuem intenções secretas. Pessoas que sofrem de desordem paranoide costumam apresentar esse modelo de comportamento durante longos períodos. Ainda que as causas da paranoia não sejam completamente conhecidas, ela é geralmente associada a outras desordens psiquiátricas, como esquizofrenia, transtorno bipolar e depressão psicótica.

Sintomas da depressão

Depressão é o termo para o baixo-astral. A depressão clínica, no entanto, é acompanhada por uma série de sintomas, apresentados regularmente por algumas semanas, no mínimo. A depressão pode ser reativa, causada como uma resposta ao estresse. Pode, também, ser provocada por um desequilíbrio químico no cérebro. Por último, pode ser hereditária. Independente da causa, os sintomas da depressão clínica permanecem razoavelmente consistentes. Os sintomas mais comuns da depressão incluem baixo-astral constante, insônia (ou sono excessivo), falta de apetite ou ganho de peso repentino, problemas de concentração, falta de energia, irritabilidade e falta de disposição para as atividades diárias. Pessoas depressivas podem se tornar introvertidas e isoladas, e ter dificuldades com as tarefas diárias. Em casos de depressão aguda, sintomas psicóticos podem aparecer, incluindo delírios, alucinações e/ou paranoia.

Paranoia e depressão

A depressão e a paranoia podem ocorrer em conjunto. Quando isso acontece, geralmente indica séria doença psicótica, como esquizofrenia, transtorno bipolar (também chamada de depressão maníaca) ou depressão psicótica. Se não forem tratadas, pessoas com sintomas de depressão e paranoia podem oferecer risco tanto a elas mesmas quanto para outras pessoas. Quando esses sintomas são apresentados em conjunto, são difíceis de serem tratados adequadamente. Os médicos geralmente prescrevem antidepressivos e antipsicóticos, que devem ser administrados em conjunto para tratar ambos os sintomas. Em casos extremos, a terapia de eletrochoque (ECT) pode ser aplicada, caso os medicamentos não sejam eficientes.

Se você apresentar sintomas de paranoia e depressão

Converse com alguém. Marque uma consulta com seu médico e conte como você está se sentindo. Muitos casos de paranoia e depressão podem ser tratados com medicamentos, ou seja, você poderá voltar a sua rotina diária. O site do The National Institutes of Health informa que, com tratamento adequado, a recuperação da depressão é geralmente positiva. Eles também afirmam que a terapia pode ajudar a tratar os sintomas paranoides.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível