Sintomas e doenças causadas pelo mofo na casa

Escrito por taylor divico | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas e doenças causadas pelo mofo na casa
O mofo pode causar alergias (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

A presença de mofo e bolor na casa pode causar reações alérgicas em pessoas sensíveis, pois o corpo produz histaminas em resposta à inalação ou ao contato da pele com o alérgeno. Pessoas sem condições preexistentes podem se tornar hipersensíveis depois de exposições prolongadas, causando uma série de doenças respiratórias e problemas de saúde.

Outras pessoas estão lendo

Alergias

Os mofos e bolores são alérgenos ambientais que se espalham pelo ar, entrando no corpo através dos olhos, nariz e boca. A inalação constante leva a reações alérgicas, pois as passagens nasais incham e produzem muco quando entram em contato com o alérgeno. O muco provoca congestão, espirros, olhos lacrimejados e irritados, coriza, dor de garganta, tosse crônica, dores de cabeça e enxaquecas. Anti-histamínicos, injeções antialérgicas e inalações podem reduzir os sintomas.

Asma

Os sintomas da asma podem ocorrer quando os esporos do mofo se protelam nos tubos bronquiais e vias aéreas, causando maior produção de muco e inflamação dos pulmões. O mofo e o bolor provocam o muco, fazendo com que as passagens de ar fiquem bloqueadas e irritadas, resultando em respiração restrita. A inalação de mofo e bolor resulta em aperto no peito, chiado, falta de ar, tosse crônica e dificuldade em respirar. O aumento da exposição ao mofo e bolor pode causar insônia, fadiga e irritabilidade em asmáticos.

Sinusite

Os sintomas de sinusite alérgica no trato respiratório superior são provocados pelo mofo e pelo bolor. Sintomas de sinusite que se manifestem durante todo o ano, como congestão nasal, dor facial, catarro, dores de cabeça, espirros, pressão e hemorragias nasais, sinalizam que há mofo e bolor na casa. A sinusite causada por fungos e mofo pode evoluir para aspergilose na forma de uma infecção fúngica dos pulmões, ouvidos ou seios faciais com exposição prolongada aos alérgenos. A aspergilose pode causar sangue na expectoração, febre, tosse crônica e mal-estar quando sintomática.

Irritação na pele

Os esporos do mofo e do bolor circulam pelos sistemas de aquecimento e resfriamento da casa, e podem ficar na pele e nos tecidos, irritando a pele através de contato direto. As irritações alérgicas típicas na pele não duram mais de 24 horas, a menos que a pessoa esteja continuamente exposta ao alérgeno. Sintomas prolongados de dermatite como coceiras, urticárias, erupções cutâneas e eczema podem indicar a presença de mofo e bolor na casa, particularmente se os sintomas persistirem, desaparecendo apenas quando a pessoa estiver fora da casa.

Prevenção e solução

Supressores sem prescrição, sprays para o nariz e garganta, e tratamentos anti-histamínicos podem proporcionar alívio temporário aos sintomas induzidos pelo mofo da casa. Pessoas que sofram de alergias e asma podem se beneficiar com anti-histamínicos, esteroides, inalações e imunologia prescritas por médicos para alívio mais prolongado. Detectar e eliminar o mofo e o bolor da casa é bem eficaz em reduzir os sintomas. Limpezas regulares, remoção de pó e manutenção dos dutos de ar, ventiladores e aparelhos da casa, junto com as áreas de ventilação e coleta de umidade, podem ajudar a controlar a proliferação dos esporos pela casa, proporcionando uma melhor qualidade de ar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível