Sintomas de dor muscular e nas juntas com o calor e a umidade

Escrito por cindi pearce | Traduzido por pamela oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas de dor muscular e nas juntas com o calor e a umidade
Dores musculares e nas juntas podem ser causadas por diferentes tipos de clima (weathered hands image by robert mobley from Fotolia.com)

Qualquer um que sofra de dores musculares ou nas juntas é capaz de prever o clima baseado na intensidade das dores e da rigidez que sente nelas. Isso não é uma falácia. Calor e umidade, clima quente e mudanças na pressão barométrica afetam as juntas e músculos das pessoas e podem causar dores.

Outras pessoas estão lendo

Juntas

Juntas são formadas por nervos sensoriais, chamados de barorreceptores. Quando o clima muda, esses nervos respondem, primeiramente, às flutuações na pressão do ar. Climas quentes tipicamente não causam inflamações nas juntas. Entretanto, a umidade pode começar uma reação inflamatória nas juntas, de acordo com o Dr. Robert N. Jamison, do Brigham and Women's College, em Boston.

Características

Quando a pressão barométrica estiver estável e não muito alta ou baixa, você pode perceber que se sente melhor. Entretanto, quando quando o clima estiver ameaçando ficar úmido, a pressão cai e seus tendões, ligamentos e músculos se expandem e os nervos que são sensibilizados mandam sinais de dor ao cérebro.

Músculos

Aqueles que sofrem de uma condição chamada de fibromialgia, que consiste em uma dor muscular generalizada, dizem que sentem mais dor quando está úmido e frio. Aumento de umidade, ventos fortes e queda de pressão podem contribuir para dores musculares, diz o "Nervepainandweather.co.uk". Desequilíbrios temporários da pressão que o ar gera no ambiente, incluindo no corpo e nas terminações nervosas, podem ser responsáveis pelo aumento da dor quando a umidade estiver prestes a mudar ou quando a temperatura flutuar.

Alta umidade e outros fatores

De acordo com o Dr. Mark A. McQuillan, um professor associado do departamento de medicina interna, divisões de medicina geral e reumatologia da Universidade de Michigan, pacientes com artrite sentem dor e pressões desconfortáveis nas juntas em momentos de baixa pressão barométrica, alta umidade e, particularmente, quando uma tempestade estiver formando-se. A pressão barométrica afeta os níveis de oxigênio no corpo, de acordo com o "Headaches.org". Pressões menores significam que suas veias precisam adaptar-se contraindo-se. A mudança na natureza dos vasos dita quanto sangue e oxigênio viaja para o seu cérebro, o que explica porque algumas pessoas sofrem de dores de cabeça e enxaquecas quando a pressão barométrica muda.

Clima

O Johns Hopkins fez um estudo que revelou que pessoas sofrendo de artrite reumatoide (RA) eram afetadas por alta pressão barométrica e alta umidade, enquanto pacientes com osteoartrite eram afetados por alta umidade. Foi observado mais adiante no estudo por Johns Hopkins que o clima não altera ou afeta significantemente curso ou a ocorrência de dores nas articulações, apesar de alguns pacientes sentirem menos dores em climas mais secos e quentes. Viver em um clima mais seco significa que a pressão barométrica será menor, mas isso não significa que uma pessoa com artrite vai ficar livre das dores se mudar-se para um local de clima seco. Nenhum clima ou ambiente é totalmente à prova de artrite. Mesmo aqueles que vivem em climas mais quentes reportam que ainda sofrem com a artrite e as dores nas juntas.

Calor normalmente ajuda

Geralmente, o calor, independente se vindo da luz solar ou de uma almofada térmica, acalma dores e rigidez muscular e nas juntas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível