Sintomas de hernia inguinal em mulheres

Escrito por melody hughes | Traduzido por fabiana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas de hernia inguinal em mulheres
As hérnias inguinais são mais frequentes em homens do que em mulheres. (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Uma hérnia inguinal ocorre quando uma parte do intestino projeta-se através de um rasgo ou de uma área enfraquecida, na parede da parte inferior do abdômen. Esta projeção pode causar muita dor e resultar em complicações graves. Normalmente, as hérnias inguinais dolorosas ou que aumentam de tamanho requerem cirurgia. De acordo com a Clínica Mayo, os homens têm a probabilidade 10 vezes maior de desenvolverem hérnia inguinal do que as mulheres.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas de hérnia inguinal

Para muitas mulheres, uma hérnia inguinal pode ser assintomática, sendo descoberta apenas durante um exame de rotina. Às vezes, ela pode ser vista e sentida em ambos os lados do osso púbico, na parte inferior do abdômen. A saliência fica mais evidente quando a mulher está em pé ou quando tosse. Uma hérnia inguinal pode causar desconforto ou dor na área da virilha, podendo piorar quando a mulher tosse, se curva ou pega peso. Ela também pode produzir uma sensação de peso nessa região.

Sintomas de hérnia inguinal encarcerada

Em alguns casos, a hérnia inguinal pode ficar encarcerada, o que significa que o intestino ficou preso na parede abdominal. Uma hérnia encarcerada é uma condição grave, que requer cuidados médicos imediatos. Os sintomas incluem febre, náusea e vômito. Também, a área da protuberância da hérnia pode ficar roxa, vermelha ou de cor escura.

O que causa hérnia inguinal

Nas mulheres, os ligamentos que ajudam a manter o útero no lugar é transportado pelo canal inguinal. As hérnias inguinais ocorrem na área na qual os tecidos conjuntivos do útero se ligam a outros tecidos, que ficam ao redor do osso púbico. Ela pode se desenvolver ao longo do tempo, se a mulher possuir uma condição congênita de parede abdominal fraca. Elas também podem ocorrer pelo excesso de pressão na parte inferior do abdômen, que pode ser causada pela gravidez, obesidade, períodos de tosse crônica, constipação crônica ou esforço físico em excesso.

Complicações de hérnia inguinal

As hérnias inguinais, normalmente, não são uma condição grave. Entretanto, se crescem muito, elas podem causar dor e inchaço. As complicações mais graves incluem encarceramento e estrangulamento dos intestinos. O encarceramento pode levar à obstrução intestinal, e o estrangulamento pode matar os tecidos do intestino. O estrangulamento pode ser fatal, por isso, uma cirurgia de emergência é necessária.

Diagnóstico e tratamento

Um clínico geral pode diagnosticar uma hérnica inguinal, entretanto, uma consulta a um gastroenterologista será necessária, para confirmar o diagnóstico e oferecer o tratamento adequado. Em geral, as hérnias pequenas e que não causam dor não são tratadas até se tornarem incômodas. Elas são tratadas com procedimentos cirúrgicos, nos quais os intestinos são empurrados para o lugar, e depois a parede abdominal é costurada. Normalmente, as cirurgias para correção de hérnias inguinais são feitas através de laparoscopia, para reduzir a dor pós-operatória e o tempo de recuperação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível