Mais
×

Sintomas da insuficiência cardíaca congestiva em cavalos

A insuficiência cardíaca congestiva é uma doença grave e geralmente aparece em cavalos que já tiveram problemas cardíacos. Veterinários tratam a insuficiência cardíaca congestiva com medicamentos e repouso, mas eles podem custar caro e o cavalo precisará tomar os remédios pelo resto da vida. Uma vez que um cavalo é diagnosticado com insuficiência cardíaca congestiva, o prognóstico é pobre e os proprietários muitas vezes optam pela eutanásia. Uma série de sinais sugerem a insuficiência cardíaca congestiva equina. Um veterinário deve examinar o animal que exibe esses sinais o mais cedo possível.

A insuficiência cardíaca congestiva é uma doença grave (horse 8 image by Harvey Hudson from Fotolia.com)

Má circulação

A má circulação é um sinal precoce da insuficiência cardíaca congestiva, muitas vezes causada por um refluxo de sangue para o coração. A má circulação traz a sensação de pernas frias, o que pode fazer o cavalo adormecer ou ficar dormente.

Letargia

Cavalos que têm a doença mostram um desinteresse em se exercitar e mais interesse em descansar. Embora a letargia também possa ser um sinal de doenças menos graves, como doenças da tireoide, isso deve ser investigado.

Inchaço

Inchaço causado por uma doença cardíaca é um sintoma precoce da insuficiência cardíaca congestiva em equinos. O inchaço geralmente ocorre nas pernas, estômago e peito. O inchaço é um edema - acúmulo de líquido debaixo da pele do cavalo. O edema é causado pela vasculite, uma inflamação dos vasos sanguíneos. Doenças autoimunes ou infecções também podem provocar edemas.

Respiração difícil

Um cavalo com insuficiência cardíaca congestiva pode ter dificuldade para respirar, mesmo que não tenha se exercitado recentemente. A dificuldade para respirar é um sinal tardio da doença e você deve contatar um veterinário imediatamente.

Espuma

Outro sintoma tardio de insuficiência cardíaca congestiva equina é uma espuma nas narinas do cavalo. Este é um resultado da luta do cavalo para respirar. Este sintoma geralmente ocorre pouco antes da morte.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article