Lazer e cultura

Sintomas de junta de cabeçote com problemas

Escrito por chris stevenson | Traduzido por valeria jardim
Sintomas de junta de cabeçote com problemas

Alguns sintomas de uma junta de cabeçote com problema serão mostrados na ponteira de escapamento

double exhaust pipe image by green308 from Fotolia.com

As juntas de cabeçote vedam o bloco do motor. Submetida ao calor produzido pela câmara de combustão, a junta do cabeçote pode sofrer diversos danos, incluindo explosão, queima e separação do cabeçote do bloco, o que permite a junção crítica de passagem de óleo e água. Se a junta falha, o cabeçote pode deformar com o calor, especialmente os modelos de alumínio. A água e o óleo podem ser redirecionados para outras passagens. Os proprietários de veículos podem aprender a reconhecer quando isso acontece.

Outras pessoas estão lendo

Cabeçotes de alumínio

double exhaust pipe image by green308 from Fotolia.com

Cabeçotes de alumínio podem economizar em peso e ajudam no desempenho, mas são muito mais submetidos a contração e expansão do que os cabeçotes de ferro fundido. Eles expandem 1,7 vezes mais rápido do que os modelos de ferro fundido quando aquecidos. Os cabeçotes de alumínio deformados causam uma separação na câmara de combustão que se mostra com assobios pesados ou ruídos de estouro quando os gases de escape sopram através das extremidades das juntas exteriores. Uma vez que o cabeçote foi deformado, ele quebra o selo da junta, permitindo a fuga de mais gases de escapamento. Um teste de compressão em um cilindro suspeito pode revelar uma leitura de baixa compressão onde o cabeçote foi deformado. Os invólucros de água e óleo podem se cruzar, contaminando um ao outro.

Água no óleo

double exhaust pipe image by green308 from Fotolia.com

Qualquer indicação de água no óleo deve se mostrar na vareta de óleo como uma espuma de cor branca ou laranja. Esse óleo descolorido pode passar através da válvula PCV (válvula do cárter) e agitar-se na parte superior da tampa. A água no óleo impede a lubrificação adequada e pode oxidar peças ou congelar rolamentos.

Óleo na água

O óleo na água será mais notável no radiador ao verificar o nível da água na tampa retirada. A lama marrom-clara indica contaminação de óleo na água. O reservatório de transbordamento também mostra sinais de contaminação. O veículo rodará visivelmente mais quente e pode superaquecer, causando uma parada. Nuvens de vapor podem subir a partir do radiador.

Água na ponteira de escapamento

Um revestimento de água que atravessa para o lado da combustão de admissão do cabeçote, devido a uma junta queimada, pode causar a entrada de água na válvula de admissão e a saída na ponteira de escapamento. Quantidades significativas de gotejamento ou pulverização de água ou vapor podem ser vistas saindo do escapamento. Essa condição causa rápido superaquecimento, paradas de motor e dificuldade de partida. Às vezes, um barulho "de batida" acompanha essa condição, pois a água não pode condensar, resultando em falhas de ignição constantes ou esporádicas.

Condição da vela de ignição

Qualquer vela que tenha um eletrodo entupido (disparando a ponta) que apareça branco, amarelo ou marrom indica que a água passou para dentro do cilindro. Isso é sinal de uma junta de cabeçote queimada ou de um cabeçote deformado (que causou a separação do cabeçote para o bloco). Qualquer conector de cabo de vela que apareça preto e tenha um resíduo oleoso significa que o óleo contaminou o conector devido ao vazamento de passagem de óleo na junta do cabeçote. Essa condição de conector sujo provoca uma falha de cilindro toda vez que o conector é acionado.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media