Os sintomas de olhos sensíveis

Escrito por michael hinckley | Traduzido por jose airton almeida neto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Os sintomas de olhos sensíveis
Cuide bem dos seus olhos, eles são os seus bens mais preciosos. (the eyes have it! image by David Woolfenden from Fotolia.com)

Se começarmos a perceber alguma sensibilidade em nossos olhos, devemos ficar em alerta, pois eles são os nossos bens mais preciosos. Há vários causas para a sensibilidade nos olhos e diversos sintomas associados. Saber como reconhecer esses sintomas pode aliviar a dor e o desconforto e pode, provavelmente, salvar a sua visão. Como todos os demais casos de saúde, se você estiver com algum sintoma de sensibilidade nos olhos, busque a ajuda de um médico o mais rápido possível.

Outras pessoas estão lendo

Alergias

A causa mais comum da sensibilidade nos olhos são as alergias. Alguns pólens ou grãos irritantes (como poeira ou poluição) são reconhecidos pelo sistema imunológico humano como invasores, causando uma série de sintomas como olhos lacrimejantes, coceiras, sensações de ardor, secura e sensibilidade à luz.

Conjuntivite

A conjuntivite é uma infecção ocular causada por vários tipos de bactérias e vírus altamente contagiosos. A conjuntivite causa dores, sensibilidade à luz ou a mudanças bruscas de iluminação, secreção, dores e inchaços ou edemas nos olhos.

Traumas pequenos

As vezes algum trauma ocorre nos olhos: grãos de areia ou poeira, um cílio caído no olho ou até mesmo um excesso de coceira no olho. Normalmente, nesses casos, a córnea do olho é arranhada, causando o envio de pequenos sinais de dores ao cérebro através das inúmeras terminações nervosas, que podem ser processadas como uma sensibilidade à luz, ao vento ou outros agentes irritantes. Abrasões menores normalmente saram rápido e não são acompanhadas por outros sintomas.

Traumas maiores

Em alguns casos, como em um acidente em uma fábrica, a córnea pode ser gravemente ferida. Nesses casos, leva mais tempo para o olho curar-se e pode gerar dor de pequena intensidade quando expostos à luz, ao vento ou outros agentes. Esses sintomas diminuem à medida que o olho vai se curando com o tempo.

Idade

A medida que uma pessoa envelhece, ela pode se tornar mais sensível ao brilho da luz. Geralmente as pessoas acima de 40 anos descobrem que estão menos propensas a tolerar luz do sol ou a luminosidade de objetos brilhantes, em relação a quando eram jovens. Nesses casos, você pode piscar ou sentir algum pequeno desconforto quando exposto ao brilho das luzes.

Predisposição genética

Assim como as pessoas possuem ouvidos, pele ou paladar sensíveis, outras possuem olhos sensíveis. As luzes muitos brilhosas, como, por exemplo, as luzes solares refletidas pela neve em um dia de inverno ensolarado, podem causar dores ou lacrimação nos olhos. Se você tiver esses sintomas em outros lugares com reflexão parecida (como na água do mar, na praia), você talvez possua olhos que são geneticamente mais sensíveis as variações luminosas.

Prevenção e Solução

A melhor prevenção para olhos sensíveis é tomar as precauções necessárias, como a utilização de óculos de sol durante dias ensolarados e evitar coçar o olho se algo entrar dentro. Evite traumas nos olhos utilizando óculos de segurança ou proteção para os olhos e lave os olhos se algo cair dentro deles e irritá-los.

Também visite regularmente um oftalmologista ou outro médico que cuide dos olhos para que possa lhe ajudar com esses problemas.

No caso de alergias, a prescrição de medicamentos normalmente aliviam facilmente os sintomas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível