on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Os sintomas de toxicidade da vitamina C

Atualizado em 13 junho, 2017

A vitamina C, que é também designada por ácido ascórbico, é uma vitamina solúvel em água necessária para a síntese de neurotransmissores e de colágeno. Ela têm, também, propriedades antioxidantes que podem proteger as moléculas do corpo de danos por radicais livres oxidativos. Os suplementos que contêm vitamina C estão disponíveis para a venda sem prescrição médica e são geralmente seguros e bem tolerados, ainda que alguns efeitos colaterais possam ocorrer em caso de ingestão de doses elevadas.

A ingestão de altas doses de suplementos de vitamina C pode causar efeitos colaterais (Liquidlibrary/liquidlibrary/Getty Images)

Toxicidade

Tal como uma vitamina solúvel em água, a maior parte do excesso de vitamina C é lavado na urina. Como resultado, ela não se acumula no seu sistema e casos de toxicidade da vitamina C são raros. A ingestão diária recomendada para as mulheres é de 75 miligramas por dia, enquanto os homens devem consumir 90 miligramas por dia. Se você fuma, deve adicionar mais 35 miligramas porque os fumantes precisam de mais proteção aos antioxidantes, de acordo com o Linus Pauling Institute. O Institute of Medicine estabeleceu um nível de ingestão tolerável de 2.000 miligramas. Se você consumir mais quantidade proveniente de alimentos ou suplementos, pode experimentar efeitos colaterais, mas não é provável que consiga consumir níveis mais elevados provenientes da dieta.

Loading...

Efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns de altas doses de vitamina C são dores de estômago e diarreia. Outros sintomas gastrointestinais também têm sido relatados, como cólicas abdominais, dor de cabeça, azia e vômitos. Esses sintomas geralmente não são graves e desaparecem assim que as altas doses de vitamina C são interrompidas. Esses sintomas são causados ​​pelo efeito osmótico que o excesso de vitamina C tem sobre o trato gastrointestinal, explica o Office of Dietary Supplements. A grande concentração de vitamina C no intestino faz com que mais água seja "puxada" para dentro do intestino, causando cólicas e diarreia.

Risco de pedras nos rins

A vitamina C pode aumentar os níveis de oxalato na urina, o que também pode aumentar o seu risco de desenvolver pedras nos rins. Os estudos até agora têm produzido resultados mistos, por vezes, mostrando uma relação entre a vitamina C e o oxalato de cálcio ao excesso de pedras, enquanto outros estudos não suportam essa associação. No entanto, se você tiver um histórico de pedras nos rins, deve limitar o seu consumo de vitamina C para não mais de 100 miligramas por dia, de acordo com informações do New York University's Langone Medical Center.

Precauções

A vitamina C pode reduzir a eficácia de alguns tipos de medicamentos de prescrição, incluindo aqueles utilizados ​​para tratar o câncer, o colesterol alto e a AIDS. Ela também pode interferir com a atividade de medicamentos anticoagulantes, tais como Varfarina, que são utilizados ​​para tratar a formação de coágulos de sangue, de acordo com MedlinePlus. Como a vitamina C aumenta a absorção do ferro não heme, você não deve tomar suplementos de altas doses em conjunto com suplementos de ferro. Evite tomar altas quantidades de vitamina C se tiver doenças relacionadas ao ferro, como talassemia ou hemocromatose. Caso tenha esses problemas ou tome quaisquer medicamentos prescritos, converse com seu médico antes de ingerir suplementos de vitamina C.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...