Sintomas e tratamento da meningite

Escrito por mario calhoun | Traduzido por aline ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas e tratamento da meningite
Os sintomas da meningite são frequentemente confundidos com os da gripe, e incluem pescoço endurecido, náusea, dores de cabeça e febre alta (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)

A meningite é uma inflamação da meninge, comumente conhecida como membranas e fluído cerebral. Os sintomas da meningite são frequentemente confundidos com os da gripe, incluindo pescoço endurecido, náusea, dores de cabeça e febre alta. O tipo viral da doença é o mais comum do que o bacteriano ou o fúngico, usualmente sarando sozinho. Se seus sintomas piorarem, procure imediatamente um médico.

Outras pessoas estão lendo

Meningite viral

Você pode contrair a meningite viral facilmente durante o verão e o outono, contraindo enterovírus, sarampo, caxumba ou herpes. de acordo com os Centers for Disease Control, os sintomas do enterovírus incluem febre moderada, resfriado, erupções e feridas na boca. Se o vírus progredir, pode se tornar meningite viral. A meningite viral é uma doença séria, mas não letal, e normalmente sara de 7 a 10 dias após o contágio. Se você tem um sistema imunológico comprometido, é importante que contate seu médico imediatamente para receber o tratamento adequado.

Meningite bacteriana

A meningite bacteriana é uma doença séria, pois pode causar danos cerebrais ou levar a morte caso não for tratada. Segundo a Mayo Clinic, quatro diferentes linhagens de bactéria podem causar meningite: streptococcus pneumonaiae (pneumococos), neisseria meningitidis (meningococos), haemophilus influenzae (haemophilus) e listeria monocytogenes. A pneumococos causa pneumonia, infecções de ouvido e infecções sinusiais em crianças e bebês. A listeria pode ser encontrada em vários lugares, especialmente poeira e comida contaminada. A hemophilius e a meningococos são causadas pelas infecções sinusiais e de trato respiratório superior. Os sintomas deste tipo de meningite são similares aos do tipo viral da doença e também incluem insônia, convulsões, vômito, náusea, confusão, dificuldade de concentração, sensibilidade à luz e falta de apetite.

Meningite fúngica

A meningite fúngica é uma doença rara que afeta aqueles com um sistema imunológico debilitado pelo HIV, quimioterapia, diabetes descontrolada e que afeta também aqueles que receberam órgãos transplantados e que tomam medicamentos imunossupressores. Este tipo de meningite causa inchaço ao redor do cérebro e da coluna espinhal e, se não tratado, pode levar à lesão cerebral, perde da audição, paralisia ou morte. Os sintomas da meningite fúngica incluem cansaço, pescoço endurecido, dores de cabeça, confusão, visão turva, febre e vômito.

Tratamento

A meningite viral sara em duas semanas e não requer tratamento. As infecções virais não podem ser tratadas com antibióticos, mas se você tem um sistema imunológico comprometido, deverá ser hospitalizado para ser monitorado de perto. Descanse bastante, beba bastante líquido e tome ibuprofeno ou acetamofeno para reduzir a dor e a febre. Segundo a Mayo Clinic, a meningite bacteriana pode ser tratada, tomando antibióticos pela veia. Se houver líquido ao redor do cérebro ou das membranas cerebrais, ele deve ser drenado para prevenir futuras complicações médicas. De acordo com a Meningitis Foundation of America, o tratamento para a versão fúngica da doença requer amfotericina B, uma terapia intravenosa que mata a infecção por fungos. Como alternativa, pode-se prescrever a fluconalzona via oral para tratar a meningite fúngica, mas a maioria das dosagens, para serem eficazes, devem ser altas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível