Sintomas de TSH elevado

Escrito por caryn anderson | Traduzido por andrea coronado
Sintomas de TSH elevado
Estar ciente dos sintomas possibilita o tratamento do hipotireoidismo (Pills image by Alex Dascalu from Fotolia.com)

Ter um nível elevado de TSH (hormônio estimulante da tireoide) indica que seu corpo tem níveis insuficientes do hormônio tireoideano sendo produzidos e, portanto, é necessária uma maior estimulação. Essa condição pode ser causada por uma inflamação ou falha em sua tireoide (conhecida como tireoidite autoimune). Isso também pode ser um resultado direito de determinados tratamentos médicos, como a remoção da tireoide (parcial ou total) ou uma atividade anormal em sua glândula pituitária. A produção insuficiente do hormônio tireoideano é conhecida como hipotireoidismo.

Sintomas comuns

Alguns pacientes com níveis altos de TSH podem ser assintomáticos (não apresentam sintomas). Comumente, você pode ter um ou mais dos seguintes sintomas: fraqueza, exaustão, cabelos secos ou frágeis, ganho de peso, intolerância ao frio, queda de cabelos, inchaço no rosto, rouquidão, depressão, dores musculares, constipação, diminuição do ímpeto sexual, irritabilidade, cãibras musculares, problemas de memória, mudanças no ciclo menstrual e pele seca. A severidade dos sintomas depende principalmente da gravidade de sua condição e do tempo que seu corpo esteve sem as quantidades adequadas do hormônio.

Sintomas em bebês

Os possíveis sintomas do hipotireoidismo em bebês recém-nascidos incluem icterícia (amarelamento da pele e dos olhos), língua excepcionalmente grande, inchaço do rosto e engasgos frequentes. Se não tratada, a doença pode progredir e causar dificuldades na alimentação e diminuição no crescimento e desenvolvimento. Os sintomas adicionais podem incluir uma sonolência notável, constipação e tônus muscular anormal.

Se não tratados, os altos níveis de TSH podem causar danos físicos ou mentais permanentes.

Sintomas em adolescentes e crianças

Adolescentes e crianças geralmente exibem sintomas como iniciação tardia da puberdade, diminuição no desenvolvimento mental, baixa estatura devido a um crescimento insuficiente e um atraso no nascimento dos dentes permanentes. Se não tratados, os sintomas podem se tornar severos e até mesmo resultar em bócio (tireoide aumentada).

Raramente, a doença pode avançar para uma condição denominada mixedema, que pode ser fatal. Os sintomas incluem respiração vagarosa, temperatura corporal baixa, pressão sanguínea baixa, coma e até mesmo morte.

Fatores de risco

De acordo com a Mayo Clinic, o hipotireoidismo ocorre de maneira mais prevalecente em mulheres com idade igual ou superior a 50 anos, embora qualquer pessoa possa desenvolvê-lo. Fatores de risco adicionais incluem histórico familiar de doença autoimune, tratamento com iodo radioativo (que inibe as funções da tireoide), uso de medicamento antitireoide, cirurgia da tireoide e exposição à radiação na área superior do peito e pescoço.

Tratamento

O tratamento dos altos níveis de TSH geralmente é realizado por meio de um substituto para a tireoide. Medicamentos com hormônios sintéticos incluem Synthroid, Levoxyl, Unithroid e Levothroid. Eles são administrados oralmente e podem restabelecer o equilíbrio hormonal. O medicamento geralmente leva uma ou duas semanas para começar a fazer efeito total, e também pode reverter o ganho de peso e reduzir os níveis de colesterol.

Embora o tratamento geralmente seja necessário para o resto da vida, seu médico precisará monitorar seus níveis de TSH periodicamente caso seja preciso qualquer ajuste na dosagem.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível