O que é o sistema Swift?

Escrito por k. lynn wallace | Traduzido por thiago silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é o sistema Swift?
O sistema SWIFT é hoje padrão na comunicação entre bancos (http://www.swift.com/)

Bancos transmitem milhões de mensagens diariamente, muitas das quais contêm dados sigilosos. É vital que essas instituições disponham de uma rede de alta segurança e confiabilidade para se comunicarem sem o temor de mensagens perdidas ou extraviadas. O sistema SWIFT oferece esse serviço. Criado em 1973 por banqueiros que buscavam uma forma mais segura de comunicar-se uns com os outros, o SWIFT é hoje uma rede mundial e o método padrão de comunicação entre bancos.

Outras pessoas estão lendo

O que é o SWIFT?

A sigla SWIFT, em inglês, significa "Sociedade para Telecomunicação Global Financeira". Trata-se de uma rede com mais de 8300 instituições financeiras, presentes em mais de 208 países. O sistema permite a troca de milhões de mensagens financeiras padronizadas entre instituições espalhadas pelo mundo. Foi criado em 1973 por banqueiros que buscavam uma forma mais eficiente e segura de comunicação e transferências entre bancos. Antes de seu surgimento, toda a comunicação era feita por meio de telefone, fax, mensageiro e correio e as mensagens entre os bancos não continham nenhuma instrução além dos dados da transferência em si, ao passo em que o SWIFT permite que sejam anexadas mensagens e condições para as transações. Cada mensagem SWIFT é uma condição para a transferência bancária.

O que o SWIFT faz?

O sistema fornece uma plataforma para que bancos e demais instituições financeiras possam trocar mensagens trabalhando de forma conjunta, estejam separados por uma rua ou do outro lado do mundo. A padronização nessas mensagens permite que bancos e clientes desfrutem de práticas e políticas uniformes através de diversas instituições. Não se trata de um banco, não guarda dinheiro ou mantém contas, apenas facilitando a comunicação ao fornecer um banco de dados centralizado que permite que o Banco A se comunique com o Banco B de forma segura, sem o risco inerente do e-mail, telefone ou fax e sem intervenção humana para facilitar o processo. A rede criada pelo SWIFT é extremamente confiável.

Trata-se de uma empresa com fins lucrativos?

O SWIFT é uma organização sem fins lucrativos de bancos membros controlada por acionistas. Seu objetivo é criar um portal de comunicação simplificado e eficiente entre instituições financeiras. Em média, diariamente, são mais de 2,4 milhões de mensagens, totalizando $2 trilhões em transações, processadas pelo SWIFT.

Como são essas mensagens SWIFT?

São documentos simples com o nome e código do banco de origem, o nome e código do banco de destino, a quantidade da transação e um dos vários códigos pré-definidos que fornecem uma mensagem ao banco de destino. As mensagens em si são pré-definidas e oferecem condições padronizadas para transferências entre bancos. Algumas frases são permitidas, mas devem ser curtas e objetivas, limitadas a um número específico de caracteres. Isso gera um sistema bancário muito eficiente, já que um número limitado de mensagens pode ser processado pelo sistema.

Onde fica o SWIFT?

Atualmente o sistema roda em dois data centers, um nos EUA e outro na Holanda. Eles se comunicam eletronicamente em tempo real e, caso algum deles falhe, o outro pode assumir a tarefa de ambos Atualmente, estão implantando um terceiro data center que ficará na Suíça. Assim que o data center suíço entrar em operação, bancos europeus não serão mais monitorados pelos EUA.

E o que futuro reserva pro SWIFT?

O SWIFT também fornece um sistema de e-mails seguro aos seus membros. Clientes podem usar essa tecnologia, conhecida por sua segurança e confiabilidade, para repassar e-mails entre instituições que fazem parte da associação. Isso dá aos bancos um sistema confiável em que pode-se enviar dados sigilosos sem a vulnerabilidade da internet aberta. Está em desenvolvimento também um software para tornar a linguagem das mensagens mais acessível, além de outras tecnologias para desenvolver ainda mais a rede de comunicações.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível