Sobre a bactéria Enterobacter aerogenes

Escrito por joel michaels | Traduzido por r spol
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A Enterobacter aerogenes é um membro da família das Enterobacteriaceae e tem relação com a salmonela e com a E. coli. Quanto ao tamanho, ela é menor que outras, mas sua ocorrência nos hospitais vem chamando a atenção da comunidade médica. Sua bacteriologia, patologias, fatores de risco, predileções e tratamento vem sendo objeto de estudo extensivo.

Outras pessoas estão lendo

Bacteriologia

Enterobacter aerogenes é um bacilo, portanto, microscopicamente, ela se parece com uma vara reta. Como ela é um anaeróbio facultativo, prefere ambientes com pouco ou sem oxigênio, como fezes, plantas de esgoto e solo. No entanto, ela pode também sobreviver e crescer em áreas em que o oxigênio é abundante. Em uma placa de Petri, a Enterobacter aerogenes forma colônias brancas e arredondadas, que se curvam de forma convexa. Sua temperatura ideal de crescimento está em intervalos entre 30 a 37 graus Celsius, e cresce em ágar MacConkey, o qual contém sais, corantes e nutrientes do leite, sendo, portanto, o meio laboratorial de cultura escolhido.

Patologias

A Enterobacter aerogenes causa uma ampla variedade de doenças. Elas incluem bacteremia, osteomielite e artrite séptica, assim como infeções urinárias, gastrointestinais, respiratórias e cutâneas.

Fatores de risco

A Enterobacter aerogenes é um patógeno oportunista nosocomial. Isso quer dizer que ela comumente reside em hospitais e causa doenças após seu hospedeiro já estar enfraquecido. Por essa razão, os fatores de risco incluem internações hospitalares superiores a duas semanas ou mais, cirurgias invasivas e uso de antibióticos. Outro fator de risco é a internação em unidades de terapia intensiva. A enterobactéria raramente infecta indivíduos saudáveis.

Predileções

Assim como outras espécies de enterobactérias, a E. aerogenes não possui predileção por raça. Contudo, ela ocorre mais frequentemente em crianças e idosos, especialmente entre os homens.

Tratamento

A Enterobacter aerogenes é resistente à maioria do antibióticos. Sua resistência aos betalactâmicos, quinolonas, cloranfenicol e a tetraciclina é bem documentada na literatura científica, e alguns pesquisadores propuseram o uso de drogas mais antigas, que eram populares em décadas anteriores, em resposta à E. aerogenes. Um estudo desenvolvido por Thiolas e outros, de 2005, sugere que uma combinação de drogas levaria a uma melhor resposta nos infectados por Enterobacter aerogenes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível