Sobre o Barroco francês

Escrito por lee millisaw | Traduzido por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sobre o Barroco francês
O Palácio de Versalhes exemplifica a arquitetura barroca francesa (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

O estilo barroco de arte, caracterizado por cores dramáticas e design opulento, dominou a produção artística francesa no século XVII. Muitos edifícios da realeza foram construídos nesse estilo e os pintores mais famosos da época utilizavam seus temas centrais em suas obras. Na França, a arte barroca foi substituída como o estilo dominante pelo neo-classicismo, que surgiu em meados de século XVIII.

Outras pessoas estão lendo

Música

Muitas das formas musicais que se desenvolveram durante o período barroco (concertos, suítes e sonatas) também podem ser encontrados no repertório barroco francês. O principal compositor barroco francês foi o italiano de nascimento Giovanni Battista Lulli (1632-1687), que mais tarde mudou seu sobrenome para Lully. Ele foi o compositor da corte de Luís XIV e ditou a direção e estilo de arte francesa durante sua vida. Após a morte de Lully, dois outros compositores, Jean Philippe Rameau e François Couperin, definiram ainda mais o estilo barroco.

Pintura

Dois grandes pintores barrocos franceses foram Nicolas Poussin e Georges de la Tour. A pintura do primeiro é caracterizada por sua abordagem racional e temas clássicos. Como muitos artistas barrocos franceses, de la Tour emulou artistas italianos que o antecederam. Sua inspiração mais marcante foi Caravaggio, e suas pinturas utilizaram a técnica do claro-escuro de sombra e luz. Outra força importante durante este período foram os irmãos Naim, cujas pinturas documentavam a vida dos pobres com simpatia.

Arquitetura

A arquitetura francesa durante o período barroco se caracterizava por vastos e ornamentados palácios e jardins elaborados. Durante a segunda metade do século XVII, o famoso Palácio de Versalhes foi construído como residência pessoal de Luís XIV. O Museu do Louvre também foi expandido durante esse período. O arquiteto que o definiu foi Jules Hardouin-Mansart, que projetou partes do Palácio de Versalhes e da Orangerie (uma estufa construída no terreno do Louvre).

Legado

O período barroco passou a ser definido pelo reinado de Luís XVI, que durou de 1661 a 1715. O compositor pessoal do Rei Sol, Lully, e o astro arquiteto (Mansart) posteriormente encarnaram as principais características do estilo e da sensibilidade artística do barroco francês. Charles Le Brun também foi pintor da corte de Luís e administrava a academia de arte nacional, que produziu artistas cujo trabalho incluiu pinturas murais e retábulos que retravam Luís XIV de forma favorável.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível