Sobre as causas de chiados na expiração

Escrito por victoria ries | Traduzido por laísa nascimento
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sobre as causas de chiados na expiração
Os chiados na expiração podem indicar problemas mais graves (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Existem várias causas para o chiado durante a expiração e todas elas relacionam-se com o sistema respiratório e não devem ser ignoradas. Aconselhe-se sobre um profissional da saúde qualificado, se você se identificar com as seguintes causas de chiados. Partes do seu corpo, inclusive seu cérebro, podem estar com falta de oxigênio, devido à supressão do sistema respiratório, e você deve procurar cuidados médicos imediatamente.

Outras pessoas estão lendo

Histórico

Um histórico de infecções respiratórias, como a pleurisia (inflamação da camada parietal da pleura), pode deixar cicatrizes nos pulmões, diminuindo a quantidade de ar que pode ser processado. Isso leva ao chiado crônico e sinaliza a necessidade de oxigênio para ajudar a vítima a saturar as células vermelhas com oxigênio para carregá-lo para órgão vitais, como o cérebro e o coração, e para o sistema circulatório.

Função

O enfisema causa chiado na expiração, devido aos buracos nos alvéolos pulmonares. A vítima dessa doença geralmente possui tosse crônica e, apesar de não terem problemas para respirar, a expiração é difícil e o ar não pode ser expelido facilmente. Isso causa o chiado na expiração.

Efeitos

A asma tem um efeito grave nos pulmões e na habilidade de respirar. Deve-se exercitar com moderação, para evitar um ataque de asma, que pode ser fatal, em alguns casos. Ele pode ser causado por estresse, medo, excesso de exercícios e ar frio. Um inalador é necessário para abrir os pulmões o suficiente para o ar penetrar. Se o inalador (prescrito pelo médico) não for usado, a vítima de asma irá chiar na expiração e ter dificuldades respiratórias. Isso pode resultar em privação de oxigênio, o que leva a complicações mais graves.

Características

A pneumonia pode causar chiado na expiração e a vítima pode apresentar dor na respiração, que é similar à dor de uma costela quebrada. Essa doença também pode fazer com que os lábios fiquem azuis, o que é chamado de cianose, em razão da falta de oxigênio nos glóbulos vermelhos, distribuindo sangue pelo corpo. As unhas podem ficar brancas ou azuis e a vítima irá sentir-se fraca e desorientada, devido à privação de oxigênio. São necessários cuidados médicos imediatos, já que a pneumonia não é eliminada sem o uso de antibióticos. Em casos extremos, os pulmões irão encher-se de fluido e a vítima afoga-se nele.

Geografia

A tuberculose está presente na vida de várias pessoas pelo mundo. Causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, ocorre tosse crônica com chiado na expiração com escarro cheio de sangue, que é infeccioso pelas partículas que deixa no ar, provenientes da tosse da vítima, escarro ou espirro. Quase metade das vítimas da tuberculose em países subdesenvolvidos morre após contrair a doença. Nos países desenvolvidos, a tuberculose tem feito vítimas, pois indivíduos com o sistema imunológico comprometido não podem combater essa doença.

Importância

Muitos fumantes, asmáticos e pessoas que possuem o sistema imunológico comprometido sofrem de bronquite crônica. Isso inclui crianças e adultos. Os sintomas dessa doença podem ser aliviados com remédios e inaladores, apesar dos sinais e sintomas serem piores durante frentes frias e inverno. Tosse crônica e de sangue, falta de ar e chiado sinalizam a necessidade de procurar um médico imediatamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível