Sobre a criação do Pacto de Varsóvia

Escrito por contributing writer | Traduzido por sabrina queiroz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sobre a criação do Pacto de Varsóvia
Pacto de Varsóvia (Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images)

Em 1955, a União Soviética (URSS), em conjunto com seus países satélites, assinou o Pacto de Varsóvia ou o Tratado da Amizade, Cooperação e Assistência Mútua, como era oficialmente chamado. O pacto foi concebido como um impedimento à OTAN, uma aliança militar fundada após a Segunda Guerra Mundial pelos Estados Unidos e os países da Europa Ocidental. O Pacto de Varsóvia estabeleceu uma coalizão econômica e militar entre os países participantes. Também deu à URSS uma grande influência entre os seus aliados.

Outras pessoas estão lendo

História

O Pacto de Varsóvia foi uma aliança formada pela União Soviética e seus aliados do bloco oriental. Foi assinado em 14 de maio de 1955 na capital polonesa, Varsóvia. O objetivo do pacto, que foi iniciado pela URSS com a direção do primeiro ministro Marshal Bulganin, era promover uma cooperação militar e econômica entre os signatários. O acordo também os obrigou a oferecer suporte militar se houvesse algum ataque.

Geografia

O pacto abrangeu oito países da Europa Oriental e Central: Albânia, Romênia, Alemanha Oriental, Polônia, Hungria, Checoslováquia, Bulgária e a União Soviética. A sua contraparte ocidental e rival OTAN foi fundada pelos Estados Unidos e Canadá, incluindo dez países europeus: Bélgica, Holanda, França, Reino Unido, Luxemburgo, Portugal, Itália, Islândia, Dinamarca e Noruega.

Período

O Pacto de Varsóvia foi oficialmente implementado após uma conferência de três dias na capital da Polônia. O pacto foi, em parte, uma resposta à inclusão da Alemanha Ocidental na OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte, estabelecida em 1949) cinco dias antes (em 9 de maio de 1955). No total, o Pacto de Varsóvia existiu por 36 anos, abrangendo a Guerra Fria e o período da retenção. Foi desfeita oficialmente numa conferência em Praga, em 1991.

Significado

Nominalmente, o Pacto de Varsóvia foi um contrapeso à OTAN. Estabeleceu forças armadas unificadas e um comitê político para lidar com questões de política externa. Na realidade, legitimou o poder da URSS na região, dando a ela um implícito controle sobre os países vizinhos. Moscou aumentou o pacto para dominar e interferir nos assuntos políticos dos seus aliados. Em 1956, ele foi usado para anular a democratização da Hungria e, de novo, na Checoslováquia, durante a Primavera de Praga de 1968. A sua natureza manteve o Bloco do Leste sob linha dura.

Efeitos

Até hoje, os países que participaram ainda sentem os efeitos do controle soviético. Durante esse período, os países foram subjugados à ideologia soviética. Isso significa que todas as indústrias privadas e as propriedades foram nacionalizadas no contexto de uma economia comunista. Desvios não eram tolerados. Isso ocorreu no meio da Guerra Fria, em uma atmosfera de grande tensão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível