Mais
×

Sobre filhotes provenientes da mistura entre o spitz alemão e o yorkshire

Atualizado em 19 julho, 2017

Os filhotes resultantes do cruzamento de um spitz alemão e yorkshire são parte de um gênero crescente de cães, conhecidos como "raças projetadas", em que duas raças puras diferentes são misturadas, produzindo uma ninhada com traços desejáveis de ambos os pais.

Os filhores de yorkshire e spitz alemão fazem parte das raças projetadas (chicco 4 image by Rainer Tagwercher from Fotolia.com)

Identificação

Esse filhote pode ter as características de ambas as raças envolvidas. O yorkshire é um animal toy, com uma pelagem longa, fluida e macia, nas cores azul e marrom. Tais animais, normalmente, pesam entre 1 e 3 kg. Já o spitz alemão é uma outra raça toy de estrutura compacta. Possui uma pelagem cheia que vem em uma variedade de cores, e um rabo parecido com uma pluma. Eles pesam entre 1 e 3 kg. Um filhote misturado, contudo, pode ter a pelagem fofa do spitz e a cor do yorkshire, ou vice versa. Esses filhotes podem permanecer pequenos também.

Temperamento

Ambos, yorkshire e spitz, são extrovertidos e agradáveis, sendo bem apropriados para a vida em família. São ansiosos para agradar e amam a companhia humana. Sendo raças do tipo toy, entretanto, os filhotes misturados podem não se dar bem em residências com crianças pequenas. Seu diminuto tamanho faz com que sejam suscetíveis a ferimentos e uma criança bem-intencionada pode, facilmente, machucá-lo sem querer. As crianças devem sempre ser supervisionadas quando estão sob a companhia de cães, mas é especialmente importante ser diligente quando as raças do tipo toy estão envolvidas.

Considerações

Os yorkshires, assim como os spitzs, são pequenos caninos energéticos que adoram brincar. Sendo pequenos, se dão bem em espaços menores, como apartamentos. Isso também se mantém no caso dos filhotes misturados. Brinquedos na sala proporcionam bastante exercícios para esses pequenos cães. Os filhotes se dão bem com a companhia humana e devem receber uma interação diária com seus companheiros humanos.

Problemas de saúde

Os filhotes dessas raças projetadas são menos propensos a terem problemas de saúde genéticos que seus pais de raça pura. Contudo, ainda é possível que esses cãezinhos misturados herdem um ou mais problemas. Dentre eles, estão: problemas no fígado, nas articulações do joelho, doenças oftalmológicas ou condições dermatológicas. É importante garantir que os pais do novo filhote estejam livres de doenças genéticas, antes de escolher o seu animal. Assim como todos os cachorros, aqueles provenientes da mistura em questão também se beneficiam de cuidados precoces e regulares do veterinário.

Escolhendo o seu filhote

Lembre-se de procurar por um filhote que seja curioso, amigável e confiável, mas não muito agressivo. Tenha certeza de observar ambos os pais, de maneira a ver suas personalidades também. Um bom criador deve ser capaz de lhe mostrar os pedigrees, bem como oferecer uma garantia de saúde para o seu novo filhote.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article