Sobre pinstriping em carros

Escrito por francis walsh | Traduzido por thiago silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sobre pinstriping em carros
Pinstriping exige técnica

O que faz de uma pintura automotiva uma obra de arte é a diferença que ela faz no carro após a tinta secar e o trabalho ser visto pelo público. Entusiastas curtem as cores usadas e o toque final que o carro recebe. Alguns proprietários buscam um upgrade na pintura de seus carros com o uso de pinstriping. Trata-se de uma técnica em que não se pintam grandes áreas do carro. Pelo contrário, finas linhas coloridas são usadas para separar e destacar o design de um veículo customizado.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

A técnica está presente nos carros na forma de linhas finas de tinta na carroceria, no capô, teto ou porta-malas. Geralmente, o pinstriping é feito em pares. Uma listra é feita para combinar ou realçar a cor base do carro, e a segunda listra em outra cor, como uma sobra, que permite que a pessoa note o pinstriping facilmente, dando um efeito 3D, em que as listras aparentam saltar do veículo. A técnica normalmente está presente em veículos que foram restaurados ou customizados. Mais do que uma nova pintura, o pinstriping dá ao proprietário a maneira mais moderna de personalizar seu carro de forma exclusiva.

Histórico

Antes mesmo da invenção do veículo motorizado, a técnica já aparecia nos veículos de época. Carruagens movidas a cavalo eram pintadas e personalizadas com listras e pintura destacada que as deixavam mais atraentes aos olhos dos donos. Com a evolução dos transportes, veio junto a tecnologia nas aplicações de tinta e pinturas customizadas. O pinstriping já foi aplicado em carros e caminhões, bem como em diversos outros veículos motorizados ou não, como uma forma simples de mudar seu visual. A técnica avançou muito desde os dias em que as listras eram feitas à mão e aplicadas por especialistas. Com as novas tecnologias, qualquer um pode fazer pinstriping de forma profissional.

Função

A tinta é usada para proteger o carro de danos que podem ser causados por fatores climáticos e ambientais. A pintura é aplicada como uma espécie de proteção, a qual todos os veículos recebem de fábrica. E é claro, as cores também são usadas para melhorar o visual de cada automóvel. A customização pode dar um efeito fantástico. Pinstriping automotivo é usado como um toque final para uma pintura customizada, valendo-se das variações de cor e formato. Técnicas de pinstriping duplo adicionam profundidade à pintura original ou ao pinstriping anterior, sendo empregadas em vários tipos de carros.

Tamanho

A largura de uma listra automotiva mede, em média, 1,58 mm. A ideia é que sejam linhas finas, longas e contínuas de tinta, seguindo os contornos do carro. Assim, o comprimento de uma pinstripe pode ser bem extenso, mas a largura deve seguir um padrão. Usada para criar padrões e desenhos de acordo com a vontade do proprietário, só será pinstriping legítimo se as linhas feitas forem bem finas. Só se considera pinstriping no caso de linhas finas feitas para acentuar a temática e as cores que ficam por baixo.

Considerações

Podem ser escolhidos três métodos para a aplicação de pinstriping. O industrial, aplicado mecanicamente, hoje está disponível ao público por conta da alta demanda por mais opções de personalização em veículos novos. As listras são pintadas com o auxílio de máquinas controladas por computador, antes do veículo ser vendido ao público. Já o pinstriping com estêncil pode ser aplicado usando recortes que são pintados e repintados com moldes a sua escolha, podendo ser feito por qualquer um com o tempo e a disposição para fazê-lo corretamente. O método mais complicado, mas o melhor, é o feito livremente por um profissional da área que tenha praticado pintura manual firme, necessária para alcançar os resultados que fãs de carros customizados buscam. Escolher como aplicar seu pinstriping muitas vezes depende de quem você conhece. Procure especialistas e descubra como eles fazem o trabalho e então poderá decidir se fará por conta própria ou com um profissional específico.

Dicas de especialista

Alan Johnson é um expert em pinstriping que escreveu diversos livros e artigos sobre o assunto. Sua seleção de materiais, ferramentas e cores são acessíveis e ele recomenda o uso de matéria-prima de qualidade e paciência para realizar trabalhos complexos de pinstriping. Os conselhos de Alan serviram para alavancar a carreira de diversas oficinas, que incluíram a técnica como opção para novas pinturas que necessitam da ajuda de umas belas listras. Suas criações incorporam tudo do pinstriping freestyle, que é altamente procurado por entusiastas devido a suas linhas perfeitas, personalizadas de forma criativa, de acordo com as instruções do proprietário do veículo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível