Sobre o sangramento retal em cães

Escrito por michelle kerns | Traduzido por andressa ferrari arevalo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sobre o sangramento retal em cães
Apatia combinada com sangramento retal significa que você deve levar seu cão ao veterinário (dog image by Balogh Eniko from Fotolia.com)

O sangramento retal em cães, mesmo que seja assustador, é um problema comum e raramente indica uma doença com risco de vida. A hemorragia pode ser causada por uma variedade de fatores. Mantendo o controle do sangramento, a saúde geral do seu cão e comportamento, e consultar um veterinário se você tiver dúvidas ou preocupações são as melhores maneiras de cuidar de seu companheiro canino.

Outras pessoas estão lendo

Tipos

O sangramento retal em cães pode ser resultante de uma série de questões, mas na maioria das vezes indica um problema no cólon, reto ou ânus. As causas mais comuns são a constipação, colite, que é uma inflamação do cólon que geralmente provoca diarreia e/ou prisão de ventre, e proctite, que é uma inflamação do reto. No entanto, o sangramento do reto pode também ser causado por pólipos retais, tumores anais ou de cólon, fissuras retais (rasgos) ou problemas com os sacos localizados ao redor do ânus

Características

O tipo de sangramento e a natureza de quaisquer sintomas que acompanham o sangramento muitas vezes pode ajudar a diminuir se o problema for de origem no cólon, reto ou ânus. Se o sangramento do cão consiste principalmente de sangue vermelho nas fezes, é mais provável que seja um problema no cólon. Se o sangramento retal for sangue fresco vermelho escorrendo do reto e for acompanhado por sintomas como tensão, muco nas fezes, fezes freqüentes e pequenas, revestimento de sangue nas fezes, lambedura e choramingar, é mais provável que o problema esteja no reto ou no ânus.

Identificação

Para identificar a causa de sangramento retal do seu cão, um veterinário irá começar com um simples exame físico e retal e, provavelmente, também solicitará um exame de sangue e de fezes para identificar infecções que podem estar causando o problema. Enquanto estes passos podem descartar muitas causas em potencial do sangramento, pólipos ou colite retal podem ser difíceis de diagnosticar sem testes mais específicos, incluindo uma endoscopia ou colonoscopia.

Considerações

Muitas vezeso veterinário pode exigir um grande número de testes e procedimentos - nenhum dos quais é barato - para determinar com exatidão a causa do sangramento retal canino. A boa notícia é que muitos cães apresentam sangramento retal, sem motivo aparente e que muitos com apenas um sangramento intermitente não tem problemas sérios e não sentem dor. Converse francamente com seu veterinário sobre o custo de continuar os testes, se o seu cão está em boa saúde e confirmar se não é um sangramento retal ocasional.

Aviso

Se o sangramento retal do seu cão for acompanhado por qualquer um dos seguintes sintomas, visite um veterinário imediatamente: diarreia extrema, baixa energia e apatia, parece extremamente doente, sangramento no nariz, manchas ou hematomas ou na pele, ou sangramento que for pesado e constante. Caso contrário, uma consulta de rotina veterinária deverá ser suficiente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível