Comportamento

Sobre a vestimenta francesa

Escrito por mimi abney | Traduzido por isadora feitoza
Sobre a vestimenta francesa

Moda francesa

www.istockphoto.com

A moda francesa não é apenas inerentemente chique, mas também é lendária na sua concepção e tem uma rica história. Da requintada alta-costura ao vestidinho preto de Coco Chanel, as roupas francesas sempre foram admiradas e amadas pelos apreciadores de moda desde o reinado de Luís XIV. Enquanto muitas casas de moda acabaram por falta de interesse do público ou por dificuldades econômicas, muitas empresas de vestuário ainda prosperam, mesmo após a morte de seus grandes criadores.

História

De acordo com FashionEncyclopedia.com, o reinado do rei francês Luís XIV criou uma mudança na criação de vestuário e bens de luxo franceses. Em meados de 1600 até o início de 1700, ele parou de importar tecidos e artigos para a França e criou uma poderosa indústria que produzia seda, fitas e outros tecidos finos. Como resultado, a França se tornou um grande exportador de têxteis e vestuário de luxo para toda a Europa. Anos notáveis ​​na história da moda francesa incluem 1910, quando Coco Chanel abriu sua primeira loja na Rue Cambon, e 1947, quando Christian Dior criou o "New Look".

Importância

Paris, Milão, Tóquio e Londres são consideradas as melhores cidades para a inovação da moda e do design. Muitas famosas casas de moda francesas, incluindo Balmain, Lanvin, Chanel, Louis Vuitton, Christian Dior, Yves Saint Laurent, Mainbocher e Guy Laroche, criaram modelos icônicos de roupas que são vendidas em lojas vintage e lojas de departamento de luxo em todo o mundo. O tenista francês René Lacoste criou peças de vestuário com um jacaré bordado, que foi o primeiro exemplo de um logotipo usado na moda.

Identificação

No século 21, as roupas francesas são destaque em revistas e desfiles de moda de grife. Em meados dos anos 1600, a imprensa francesa de moda foi criada por Jean Donneau de Visé para anunciar os estilos de roupas usados pelos membros da corte real. A revista Elle, uma bíblia da moda lendária para aqueles que ditam o estilo, foi fundada em 1945. Paris tem duas semanas de moda importantes em fevereiro e setembro para exibir roupas das coleções de outono/inverno e primavera/ verão.

Tipos

Existem três tipos principais de roupas francesas vendidos em todo o mundo: prêt-à-porter ("pronto para usar"), lingerie francesa e alta-costura. Yves Saint Laurent revolucionou a indústria da moda em 1966, desenhando roupa pronta para distribuição em massa. Alta-costura é um termo legal que se refere a roupas de grife costuradas à mão. Com modelos que variam de R$ 20 mil a R$ 400 mil ou mais, menos de 200 mulheres em todo o mundo usam roupas de alta-costura. Uma peça de roupa de alta-costura pode levar meses para ficar pronta. Somente as roupas feitas por costureiros designados pela Fédération Française de la Couture são consideradas alta-costura.

Visão dos especialistas

Em comparação com os americanos que são obcecados por moda, os franceses têm uma abordagem muito diferente para suas compras de vestuário. Raramente os franceses compram as roupas em liquidação. Além disso, consideram suas roupas, joias e bolsas como um investimento para passar para a próxima geração. Ao invés de encher seus armários com itens baratos que foram feitos com material de melhor qualidade, os franceses preferem comprar apenas algumas peças de roupas que são mais caras, mas que vão durar por décadas, em vez de uma única temporada.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media