Como sobreviver a uma ressaca emocional

Escrito por ehow contributor | Traduzido por érika reis
Como sobreviver a uma ressaca emocional
Uma ressaca emocional pode ser tão ruim quanto uma ressaca álcoolica (Digital Vision./Photodisc/Getty Images)

Você sabe o que acontece quando bebe muito champanhe, tequila ou cerveja: dor de cabeça, vômito, calafrios, cansaço, reclamações, gemidos e muito mais. É uma ressaca genuína. Mas o que acontece quando você passa muito tempo em uma situação que envenena seu espírito da mesma forma que o álcool faz com seu corpo? Você se sente ansioso, isolado, deprimido, inseguro, irritado e completamente triste. É uma ressaca emocional -- e, embora possa não ser tão conhecida como a física, ela é tão dolorosa quanto, embora por razões diferentes. Se você está no fundo do poço depois de uma reunião familiar, uma festa da empresa ou até mesmo um passeio espontâneo com amigos, você pode estar sofrendo de uma ressaca emocional ou depressão pós feriado. Que essas dicas possam ajudar a trazer de volta sua saúde emocional.

Instruções

  1. 1

    Perceba que o mundo é louco. Tanta coisa que nos rodeia está deformada, trocada, enrolada, estranha e distorcida. As pessoas que são muito inteligentes, ferozmente criativas, centradas espiritualmente e socialmente conscientes muitas vezes são desprezadas como "ninguém", enquanto que as que não têm nada mais do que a beleza física, os bolsos cheios de dinheiro ou só falam besteira são exaltadas como "reis". Quanto mais sensível como pessoa você é, mais provável que se sinta pisado nesse mundo louco em que vivemos.

  2. 2

    Perceba que nem todo mundo é tão sensível como você. As pessoas falam sem pensar e agem sem considerar quem as rodeia. Se alguém faz algo que fere seus sentimentos, as chances são de que não foi intencional ou um ataque direto a você, mas que essa pessoa está agindo completamente inconscientemente. Lembre-se desse mantra: "Não sou eu, é você".

  3. 3

    Identifique a causa. Se você está se sentindo para baixo depois de um evento social, avalie se houve um incidente específico que te fez sentir assim. Você foi ignorado? Alguém foi rude? Você teve um sentimento de que não se conectou com os outros membros do grupo?

  4. 4

    Identifique os padrões. Existem pessoas que sempre fazem com que você se sinta mal depois de estar com elas, ou situações específicas em que você se sente regularmente triste?

  5. 5

    Converse com uma outra pessoa. Às vezes, é difícil resolver algumas situações emocionalmente prejudiciais em sua própria mente -- afinal de contas, você está muito perto de si mesmo. Se você tem problemas para descobrir as coisas, analise a situação com um amigo de confiança, membro da família, líder espiritual, conselheiro ou mentor que tenha certeza de que tem a melhor das intenções.

  6. 6

    Perdoe-se. Se a sua ressaca emocional é causada por algo que você fez, não se repreenda repetindo o que poderia, deveria ou desejaria ter feito diferente. Seja gentil consigo mesmo e siga em frente com cuidado.

  7. 7

    Alimente sua alma. É essencial que faça alguma coisa para curar a si mesmo depois de passar um tempo com as pessoas que te trazem para baixo. Para mim, isso normalmente significa uma aula de ioga, ouvir minha música favorita e escrever no meu diário. E para você?

  8. 8

    Prometa ser mais cuidadoso sobre com quem compartilha suas emoções e passa seu tempo. A Bíblia diz para não lançar nossas pérolas aos porcos. Se você percebe que as mesmas pessoas te deixam sempre pra baixo, talvez seja hora de eliminá-las da sua vida.

  9. 9

    Crie um ritual de centralização. Talvez seja meditação ou oração. Talvez seja exercício físico ou a leitura de textos sagrados. Ou talvez seja simplesmente reduzir a velocidade do seu dia. Quanto mais for centrado em si mesmo, menos provável que se sinta pisado e desorientado em situações sociais difíceis.

  10. 10

    Esteja ciente de avançar. A próxima vez que se encontrar em uma situação suscetível de causar uma ressaca emocional, caia fora!

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível