Solução de problemas para o Fusca

Escrito por jennifer ramirez | Traduzido por alexandre amorim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Solução de problemas para o Fusca
Ser capaz de cuidar você mesmo da manutenção do seu Fusca é parte do prazer de possuir um Volkswagen (Justin Sullivan/Getty Images News/Getty Images)

Diagnosticar e resolver os problemas de um Fusca é relativamente simples. Se tiver os conhecimentos básicos e um conjunto de ferramentas adquiríveis em lojas especializadas, você deve ser capaz de resolver qualquer problema rapidamente. A maior parte da resolução de problemas envolve problemas de ignição ou elétricos. Outros problemas ocorrem quando se está dirigindo ou freando. Enquanto essa não é uma lista exaustiva de diagnósticos e soluções, esses são procedimentos de resolução de problemas que vão ajudá-lo a resolver alguns dos problemas mais comuns que você pode encontrar em um Fusca.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Jogo de chaves de boca
  • Jogo de chaves de fenda
  • Conjunto de chaves e soquetes
  • Voltímetro
  • Cabos para ligação direta
  • Lixa
  • Escova de arame
  • Lixa
  • Arame
  • Fita isolante ou conector para fios
  • Macaco
  • Descanso de roda
  • Pistola de lubrificação

Lista completaMinimizar

Instruções

    Dificuldades na ignição

  1. 1

    Verifique o combustível no tanque. Verifique a leitura do medidor do tanque e encha o tanque, caso esteja vazio. Um tanque cheio e uma leitor indicando "vazio" significa que não há comunicação entre tanque de combustível e medidor. Se esse for o caso, remova e substitua de acordo com as instruções do fabricante.

  2. 2

    Ligue a chave de ignição, mas não ligue o carro. Verifique a operação de óleo e as luzes. Abra a tampa traseira do painel. Procure fagulhas ao remover um fio de ignição e ao conectar um fio reserva. Peça a um ajudante para ligar a ignição por um momento enquanto você segura o fio de ignição a mais ou menos 60 cm de uma peça de metal. A cor da faísca determina a condição da sua ignição: cores azul e branca indicam que a ignição está em boas condições, a cor amarela inclui problemas com encaixes, fiação, pontos e bobinas. Remova e verifique cada uma dessas partes e substitua, se necessário.

  3. 3

    Verifique o fluxo de combustível ao ligar o motor e olhar para o filtro de combustível transparente. A bomba de combustível visivelmente retira combustível pelo filtro, caso esteja funcionando perfeitamente. Remova e substitua o filtro se ele estiver sujo ou entupido. Bombeie ar na ponta do suprimento para verificar uma linha de combustível desbloqueada. Modelos de Fusca equipados com um carburador podem sofrer um entupimento ocasional de combustível. Dê uma pancada leve no carburador com o cabo de uma chave de fenda para liberar o combustível.

  4. 4

    Remova a vela de ignição com um soquete para encaixes e uma chave de boca para verificar a compressão. Insira o testador de compressão no lugar da vela de ignição. Peça a um amigo para manivelar o motor algumas vezes. Anote a compressão e substitua a vela. Repita esse processo com todas as velas de ignição. Pressões altas, baixas ou desiguais indicam um problema com a condição do motor superior, incluindo cabeças, anéis e pistões. A falta de compressão indica um pistão ou uma haste quebrados.

    Problemas elétricos

  1. 1

    Verifique se as conexões elétricas da bateria estão seguras. Use o voltímetro para verificar 6 ou 12 volts, dependendo da bateria. Use os cabos de ligação direta para ligar a bateria, se necessário. Substitua a bateria se ela não puder ser carregada. Teste a conexão do solo usando a configuração de resistência do voltímetro entre o terminal negativo da bateria e o chassi. Remova a pulseira de aterramento e use uma lixa para limpar o chassi onde ele se conecta com a pulseira e reinstale-a.

  2. 2

    Inspecione todos os fios visualmente, procurando por conexões ou fios partidos. Emende em novas seções de fio de tamanho igual quaisquer fios que estejam desgastados e enrole com fita isolante. Substitua conectores pressionáveis quebrados.

  3. 3

    Verifique 12 volts na chave de ignição, todos os terminais de fusíveis, a bobina de ignição e o solenoide do carburador, se equipado.

  4. 4

    Inspecione a caixa de fusíveis e substitua fusíveis queimados. Remova e lixe levemente todos os outros fusíveis para garantir um contato elétrico consistente. Reinstale os fusíveis lixados.

  5. 5

    Ligue o interruptor de luz para a entrada da garagem, se equipado. Verifique as lâmpadas dos faróis e luzes de trás para a operação e substitua, se necessário. Ligue o interruptor dos faróis da frente e substitua, se necessário. Verifique as luzes do interior do carro e substitua, se necessário. Teste as lâmpadas do freio, faróis de seta, pisca alerta e substitua, se necessário.

    Dirigindo e parando

  1. 1

    Teste a pressão do ar nos pneus com um medidor de pressão. Calibre os pneus de acordo com as instruções do manual. Verifique os trilhos dos pneus e procure por danos, substituindo imediatamente por um estepe, se necessário. Use a chave dos pneus para verificar se os pinos do pneus estão devidamente apertados. Puxe o freio de mão para testar se está funcionando corretamente antes de dirigir. Dirija lentamente e teste os freios.

  2. 2

    Levante a frente do veículo com um macaco e rode as rodas da frente com a mão, ficando atento aos ruídos. Empurre e puxe as rodas com as mãos para verificar se o rolamento dianteiro está gasto. Substitua o rolamento se ele fizer ruídos ou se mover significativamente. Rode as rodas da frente para testar a resistência. Remova as rodas para ajustes ou substituições e fique atento a ruídos de pancada leve. Se ouvir algo, leve o Fusca a um mecânico. Repita os passos nas quatro rodas. Verifique embaixo da frente do carro se há revestimentos de borracha nos componentes da direção rompidos ou gastos. Coloque graxa nos componentes da direção e nas pontas das hastes.

  3. 3

    Ligue o motor e dirija o carro. Escute atentamente e procure por pancadas no motor, suspensão, rodas e freios. Durante o repouso, apenas o motor deve ser ouvido. Batimentos dos pneus ao dirigir indica problemas com a suspensão ou com as rodas. Leve a roda para um mecânico para reparos ou balanceamento.

  4. 4

    Pressione completamente o pedal do freio e solte quando o veículo estiver completamente parado. Se o pedal dos freios não voltar completamente para a sua posição original ou fizer barulho enquanto o fizer, leve o carro imediatamente a um mecânico para que ele regule o pedal dos freios. Em movimento, sinta a pulsação no pedal ou direção quando pisar nos freios para determinar se o problema está nos freios da frente ou nos de trás.

  5. 5

    Verifique a performance de todas as marchas em sequencia. Sinta as marchas que entram bruscamente ou pancadas que possam indicar problemas com a transmissão. Marchas faltando ou estalando podem indicar problemas de transmissão que um especialista pode identificar melhor.

Dicas & Advertências

  • Lentamente, gire as velas de ignição durante a remoção ou recolocação para prevenir danos com o filamento.
  • A gasolina é inflamável e volátil. A gasolina evapora rapidamente e os vapores podem acender. Tenha sempre um extintor de incêndio à mão. Mantenha o cabelo e roupas longe de partes móveis. Use calços de roda de acordo com as instruções do fabricante sempre que estiver levantando ou abaixando o carro com um macaco.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível