Mais
×

Solução de problemas para pistola de tinta HVLP

Atualizado em 19 julho, 2017

Um acabamento de pintura com qualidade profissional pode ser facilmente obtido com uma pistola HLVP. Lojas de auto peças são regulamentadas por leis severas que exigem a redução de compostos orgânicos voláteis (COV) que são liberados na atmosfera. Pistolas de pintura HLVP são especificamente desenhadas para aplicar a tinta em grandes volumes usando baixas pressões. Ocasionalmente, essas pistolas podem parar de funcionar por terem ficado gastas, danificadas ou sujas. Solucionar problemas de pistolas HVLP pode facilmente retificar a maioria dos problemas para que o andamento do trabalho e sua qualidade não sejam afetados.

Instruções

Uma pistola HVLP suja pode prejudicar a performance e um trabalho limpo (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

    Baixa performance de pulverização

  1. Verifique a configuração básica da sua pistola de pintura assim que a mesma parar de funcionar corretamente. Certifique-se que as configurações da ponta de passagem de fluido e agulha estejam corretos para a viscosidade da tinta e que a tampa de ar adequada tenha sido escolhida. Use material com informações técnicas fornecidas junto com sua tinta para melhor ajustar a configuração de sua pistola. Esteja alerta para qualquer sinal de desgaste; substitua partes danificadas por novos componentes imediatamente.

  2. Conserte imperfeições na ventoinha verificando se a tampa da entrada de ar está devidamente apertada no local. Certifique-se que a tinta esteja sendo aplicada a um ângulo de aproximadamente 30 graus para que a ventoinha forneça um jato de spray com precisão. Use uma palheta do kit da pistola de tinta para limpar a abertura do recipiente de armazenamento para ter certeza que uma completa distribuição de ar está disponível.

  3. Certifique-se de que a agulha está sendo ativada corretamente adicionando duas ou três gotas de óleo (sem silicone) no conjunto da válvula de ar. Se os problemas persistirem, verifique se a pistola está limpa e lembre-se que pode ser necessário o desmonte da pistola se houver sinais de acúmulo de tinta.

    Desmontando

  1. Esvazie a tinta do reservatório e enxague a pistola cuidadosamente com solventes de celulose. Remova a tampa de ar e use a chave da pistola para retirar o bocal do fluido. Retire a agulha e folgue a porca levemente para soltar a tinta acumulada.

  2. Encharque a pistola de tinta e suas peças em solventes de celulose por 15 minutos para folgar as partes com tinta seca. Pegue um pincel rígido no kit de utensílios e insira-o dentro dos reservatórios da pistola de tinta, mexendo-o vigorosamente para que os resíduos de tinta possam ser retirados das paredes internas. Não esqueça de esfregar com firmeza por trás da válvula. Enxague a pistola cuidadosamente com solventes de celulose para remover os últimos traços de tinta.

  3. Remonte a pistola de tinta e aperte a válvula. Faça outro teste de performance adicionando a tinta ativada no reservatório da pistola e fazendo uma aplicação em papel madeira. Resolva outros casos de acúmulo ou mal funcionamento da ventoinha adicionando 5 porcento de solvente à tinta para promover um melhor fluxo do material.

O que você precisa

  • Chave para a pistola
  • Kit de utensílios para pistola HVLP
  • 45 cm de papel madeira
  • Fita adesiva
  • Entrada de ar
  • Compressor
  • Solventes de celulose
  • Óleo sem silicone
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article