Como solucionar problemas de um sistema de embreagem manual da Ford

Escrito por don bowman | Traduzido por mara marcos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

O sistema de embreagem manual da Ford usa um cabo ou uma série de hastes para acionar a embreagem ao longo do rolamento. Ele não usa um cilindro hidráulico escravo. Estes foram substituídos com a ativação do modelo hidráulico para permitir menos pressão no pedal. Embreagens manuais, no entanto, são mais fáceis de manter e permitem muito mais ajustes e diferentes dimensões. Em uma embreagem hidráulica, simplesmente girar o volante pode ser mais que o cilindro escravo pode ajustar e isso causa o não desengate da embreagem.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Jogo das chaves

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Ligue o motor. A maioria dos problemas de embreagem pode ser diagnosticada com você sentado no carro. A embreagem é composta por uma placa de pressão, um disco de embreagem ou fricção, um volante, um rolamento e a articulação da embreagem. A embreagem fica entre o volante de motor e a placa de pressão. A placa de pressão utiliza a pressão da mola para segurar a embreagem contra o volante forte o suficiente para que não escorregue.

    No centro da placa de pressão, há uma série de braços em um círculo angulado para cima. Quando o pedal da embreagem é pressionado, ele empurra o rolamento contra esses braços, forçando-os para baixo em direção à frente do carro. Quando estes braços são forçados para baixo, eles permitem que a placa de pressão se mova na direção oposta e libere a tensão na embreagem, soltando-a. Quanto mais espessa a embreagem ou melhor seu estado, mais o pedal deve ser pressionado para soltá-la. Inversamente, quanto pior a embreagem, menos o pedal precisa ser pressionado para liberá-la.

  2. 2

    Pressione o pedal até o fundo. Solte-o lentamente e observe onde ele está antes da embreagem começa a pegar. De um alguns centímetros do chão até pouco mais de metade do caminho, a embreagem ainda está em bom estado. Se o pedal deve estar quase todo levantado antes de soltar, então não há muito material na embreagem e ele precisa ser substituído o mais rápido possível. O problema em deixar a embreagem assim por muito tempo quando está ruim é que os rebites que prendem o material da embreagem vão começar a entrar em contato com o volante e criar sulcos no mesmo. Isto requer a substituição do volante, bem como da embreagem, dobrando assim o custo.

  3. 3

    Inspecione o ajuste da articulação antes de condenar a embreagem. Olhe para o braço que sai da parte da transmissão que cobre a embreagem e o volante no lado esquerdo do motorista. A articulação pode ser vista passando ao lado da transmissão usada para empurrar este braço. Ele é chamado de braço de lançamento do rolamento. Ele é preso com dois grampos de mola e fica sobre um pivô, de modo que se o braço é empurrado para a parte traseira, o rolamento é empurrado para a frente. Quando o braço de lançamento é empurrado, o rolamento é empurrado para a frente e pressiona os braços da placa de pressão. À medida que os braços se movem em direção ao volante, a placa de pressão libera a embreagem.

    Pegue o braço de lançamento e mova-o para frente e para trás. Deve haver muito pouco movimento no braço. No entanto, deve haver algum, porque você não quer que ele toque a placa de pressão quando for solto. Isso logo desgastaria o rolamento e os braços sobre a placa de pressão, se ficassem continuamente em contato. Deve ser apenas o movimento suficiente para você poder sentir que não está em contato com a placa de pressão. Se houver muito ou pouco movimento, use uma chave e ajuste a barra de ajustes para obter a regulagem correta.

  4. 4

    Verifique a quantidade de embreagem restante para ver se o carro pode ser conduzido por um curto período de tempo (se a embreagem está estragando). Para fazer isso, coloque o carro em terceira marcha, acelere um pouco o motor e solte a embreagem rapidamente. Se o carro travar imediatamente, a embreagem deve funcionar por mais 1500 km. Se houver qualquer barulho quando a embreagem estiver funcionando normalmente, então os rebites estão quebrando o volante.

  5. 5

    Verifique deformações no volante de motor. Se, quando a embreagem é engatada, você sente pulsações no pedal ou solavancos do carro, ele precisa de um novo volante.

  6. 6

    Verifique o estado do rolamento. Se um ruído é ouvido toda vez que a embreagem é pressionada e some quando ela é solta, o rolamento está ruim e logo vai desgastar os braços da placa de pressão, o que torna impossível mudar ou tirar as marchas. Essa peça deve ser substituída o mais rápido possível.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível