Soluções para cães que pulam cercas

Escrito por kristen campbell | Traduzido por eliel soares
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Soluções para cães que pulam cercas
O tédio e a frustração normalmente tentam seu cachorro a pular para a liberdade (dog image by Marcin WyÅ‚uda from Fotolia.com)

Subir em cercas pode não parecer um truque que um cãozinho possa fazer, mas você acaba de ver o seu subindo uma cerca telada, até o topo, conquistar a liberdade saltando para o outro lado. Parece impossível, mas acabou de acontecer na sua frente. Os cães podem, e escalam cercas para fugir de quintais seguros e acabam colocando a si próprios em perigo. Os simples atos de escalar e pular em si são perigosos, pois seu cão pode se ferir ou até morrer caso algo dê errado na fuga. E uma vez fora do seu quintal, o cão está sujeito a inúmeras ameaças.

Outras pessoas estão lendo

Exercícios

Eliminar a necessidade de escalar cercas vai muito além de acabar com o hábito perigoso de seu cão. Apesar de haver várias razões para que um cão escolha escapar, o tédio e a frustração são as principais razões para isso. Se seu cão é deixado do lado de fora e entediado, uma escapadinha vai ser sempre uma tentação. Sair para caminhar ou correr com seu cão diariamente é essencial. Os cães precisam de atenção e estímulos de um passeio com você pela rua. O exercício traz recompensas físicas e mentais, não somente para o cão, mas para você também. Outra opção em muitas cidades são os parques para cães, que oferecem áreas espaçosas onde os animais podem correr com segurança e interagir com outros cães e pessoas. Normalmente estes parques possuem exigências quanto a vacinação e raças, portanto verifique estas informações antes de levar seu cão a esses locais.

Adestramento

Adestrar seu cão é outra maneira de parar com as fugas. É bom que o cão conheça seus limites e o adestramento é uma maneira de mostrar a ele os comportamentos corretos. O adestramento é um método preventivo e requer disciplina e diligência de sua parte. Ensinar o cão sobre seus limites e reforçá-los no seu próprio quintal pode acabar com a necessidade dele de tentar escapar. De acordo com a Parceria para o Bem-Estar Animal (PAW em inglês), "Canalize a energia do cão para atividades que ocorram longe da cerca. Jogue uma bola ou um disco de frisbee, e elogie o cão por pegar o objeto e levá-lo até você. Se ele se aproximar da cerca, recupere logo sua atenção, e quando ele olhar para você ou for em sua direção, elogie-o imediatamente e retome a brincadeira.

Cercamento

A maioria dos cães fujões encontra algo que ajuda na fuga. Uma mesa ou plataforma, uma fechadura mal fechada, uma corrente quebrada ou uma chapa frouxa na cerca, tudo isso pode facilitar a fuga do animal. Mudar a plataforma de lugar ou fazer os reparos necessários do portão pode resolver o problema. Uma cerca baixa pode ser complementada, mas verifique com o proprietário de seu imóvel ou com a associação de moradores as restrições para modificações e limites de alturas de cercamentos. Trate o problema colocando telas de arame ou outro material seguro. Coloque a tela com inclinação de 45 a 90 graus, eliminando qualquer possibilidade de o animal escapar. Se seu cão não puder subir na cerca, ele poderá tentar escapar por baixo. Se isso acontecer, instale a tela a partir de 15 cm abaixo da base da cerca e acrescente pedras na vala da tela.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível