×
Loading ...

Soluções para umidade vindo do solo em antigas casas de pedra

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Muitas casas antigas de pedra e alvenaria têm problema com umidade. De acordo com "Proceedings of the Royal Society A", um compêndio de textos físicos e matemáticos de ciências, a água sobe da fundação e pelas paredes através de uma ação capilar, seguindo por canaletas minúsculas e entre as pedras. Isto é geralmente referido como “umidade ascendente”. Se permitida, a umidade ascendente pode criar problemas de mofo e salitre, e também pode degradar a estrutura da casa. Felizmente, os proprietários de casas de pedra podem escolher diversas opções para lidarem com este problema.

Antigas paredes de pedra estão sujeitas à umidade ascendente (Old Barn, Boards, Stone Foundation image by steverts from Fotolia.com)

Respiro

De acordo com os sites www.HeritageHouse.com e www.Oldhouse.info, as casas de pedra e de alvenaria naturalmente têm uma pequena quantidade de umidade nelas, devido à sua tendência para "respirar". A ação do calor e do frio nas paredes dessas casas faz com que o vapor de água se condense sobre elas, especialmente à noite. Em argamassas de cimento, tintas à base de plástico e outros materiais modernos, materiais que não respiram que são utilizados nas paredes destas casas, o resultado é água retida. Essa água pode causar o apodrecimento dos batentes de portas e janelas, argamassa desalojada e menor estabilidade estrutural. Os proprietários interessados em manter seus prédios em condições históricas podem combater a umidade removendo materiais impermeáveis e substituindo-os por mais antigos, como à base de gesso de cal e argamassa.

Loading...

Barreiras à prova d'água

A umidade ascendente pode ser reduzida através de técnicas de barreira à prova d'água. Isso envolve perfurar uma série de furos na pedra e injetar uma substância à impermeabilizante dentro da própria pedra. Essas substâncias vêm em creme, gel, pasta e formas líquidas e podem ser aplicadas pelo proprietário ou por um profissional. As substâncias à prova d'água devem ser usadas com cautela — em casos onde a umidade ascendente capilar não é o problema, elas podem na verdade reter a umidade acima da camada à prova d'água, permitindo que o dano continue.

Barreiras bloqueadoras de poros

As barreiras para a umidade ascendente, também chamadas de cursos de umidade, podem ser criadas usando um material de bloqueio de poros. Isso é geralmente uma argamassa à base de cimento, e é aplicada pela injeção em furos na pedra. Este tipo de curso úmido é injetado principalmente por profissionais, pois é mais difícil de ser usado com sucesso. Assim como com opções à prova d'água, barreiras bloqueadoras e poros úmidos devem ser usados cuidadosamente. Argamassas de cimento podem acelerar a deterioração em uma casa onde a umidade estiver vindo de solo adjacente, da condensação de parede, de um cano vazando ou de qualquer outra fonte não ascendente.

Barreiras osmóticas

Os sistemas de barreiras osmóticas exigem a incorporação de fios diretamente na parede. Os furos são perfurados na parede, e aros de arame colocados em seu interior. Sistemas passivos usam fios de cobre, que tendem a serem corroídos com o tempo. Sistemas ativos normalmente usam fio de titânio não corrosivo, que é conectado a uma caixa de controle de potência. A eletricidade percorre esses fios, reduzindo a quantidade de umidade na parede. Esta técnica pode ser muito cara, e deve ser instalada por profissionais.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...