O que fazer quando sua esposa quer um divórcio

Escrito por marissa willman | Traduzido por a. araújo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que fazer quando sua esposa quer um divórcio
Se os problemas subjacentes não puderem ser resolvidos através de comunicação ou terapia, procure um advogado (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

Não é fácil ouvir sua esposa dizer as palavras "eu quero um divórcio" após anos de casamento. Seus próximos movimentos, no entanto, devem ser muito bem pensados — ao invés de agir de forma destrutiva, você deve comunicar-se com sua esposa e descobrir o porquê de ela querer o divórcio. Se os problemas subjacentes não puderem ser resolvidos através de comunicação ou terapia, procure um advogado de divórcio bem conceituado para representar os seus interesses durante o processo.

Outras pessoas estão lendo

Permaneça calmo

Quando sua esposa disser que deseja romper o casamento, permaneça calmo e gaste algum tempo considerando as implicações de um divórcio. Não fique com raiva ou aja de forma violenta em resposta ao pedido — danos materiais ou um acesso violento podem prejudicá-lo durante o processo de divórcio: tais ações serão consideradas pela corte ao decidir direitos de custódia ou divisão de bens. Passe alguns dias pensando calmamente sobre a decisão de sua esposa antes de tomar alguma atitude ou dizer algo de que possa se arrepender depois.

Comunicando-se e buscando terapia

Após sua esposa dizer que quer o divórcio, deixe que explique os motivos por trás dessa decisão. Escutar a explicação lhe ajudará a entender se há problemas no casamento dos quais você não tenha conhecimento; se achar que os motivos por trás da decisão de sua esposa podem ser trabalhados e resolvidos, sugira uma terapia de casais para resolvê-los. Embora você não possa forçar sua esposa a concordar com a terapia, ela pode ser um canal saudável para que vocês discutam suas questões e trabalhem o relacionamento entre ambos. Mesmo que sua esposa decida não trabalhar para salvar a união, um terapeuta pode facilitar uma separação amigável.

Caso a terapia de casais não seja uma opção, consulte um terapeuta para sua própria saúde mental e emocional. A dissolução de um casamento geralmente é estressante e pode cobrar um alto preço, e um terapeuta pode ajudá-lo a lidar com esse difícil período.

Encontrando assessoria jurídica

Consulte um advogado bem conceituado em sua área que seja especializado em divórcios. A maioria dos advogados cobrará uma taxa de consulta para avaliar sua situação e responder perguntas durante o encontro inicial. Você também poderá precisar pagar a seu advogado um valor fixo — um depósito antecipado pelos serviços dele. A taxa real de seu advogado para trabalhar no caso será reduzida do valor fixo e você poderá precisar pagar uma soma adicional, caso a taxa o exceda. Leve em consideração que o custo de um advogado de divórcio geralmente vale a pena, dados os conhecimentos, conexões e experiência do mesmo. Caso sua esposa planeje contratar uma assessoria, você também deve buscar representação legal — mesmo que um divórcio seja acordado por ambas as partes, a assessoria jurídica garantirá os seus direitos durante o processo.

Dividindo as posses

Os seus bens, propriedades e débitos conjuntos com sua esposa serão divididos durante o processo de divórcio. Caso vocês tenham filhos menores de 18 anos, os preparativos para a custódia também serão organizados. Determine que bens você acha que deve receber no divórcio. Também será necessário determinar se deseja a guarda compartilhada ou unilateral de seus filhos. Seu advogado pode ajudá-lo a determinar a que direitos parentais você intitulado, bem como os bens que você deve receber no divórcio.

Como o débito conjunto também será dividido, proteja a si mesmo contactando as companhias de seus cartões de crédito para bloquear quaisquer contas conjuntas — você pode ser parcialmente responsabilizado caso sua esposa acumule uma dívida muito grande do cartão de crédito antes de finalizar o divórcio. Você pode perguntar à companhia se é possível remover o seu nome da conta e colocar metade do saldo restante em uma conta separada sob seu nome.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível