×
Loading ...

Como saber o valor de suas joias?

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Enquanto o valor sentimental de joias pode não ter preço, as circunstâncias levam à necessidade de determinar o valor monetário de suas peças preferidas. Uma avaliação é requerida para se adquirir um seguro que cubra perda ou dano. O conhecimento do valor atual de mercado e sua utilidade também são importantes antes de decidir vender as joias. Se a necessidade ou curiosidade for a motivação, será preciso uma pesquisa para determinar o atual valor de mercado. Junte informações sobre as joias, incluindo materiais e designs, para obter um valor mais exato.

Instruções

Fazer uma avaliação de suas joias antes de vendê-las é muito importante (Baerbel Schmidt/Digital Vision/Getty Images)

    Reúna informações

  1. Procure por inscrições nos itens. Os anéis e pingentes de ouro com frequência possuem o peso em quilates estampado em um local imperceptível. As peças decorativas às vezes possem uma marca de quem fez, como um logo de companhia ou assinatura de um designer. Anote esses símbolos para ajudá-lo no processo de pesquisa.

    Loading...
  2. Identifique os materiais. Determine se as joias são verdadeiras ou fantasias. O valor da platina ou ouro é determinada pelo conteúdo e peso independentemente do design. Diamantes e pedras semipreciosas possuem um valor de mercado específico. As joias fantasia podem ter valor insignificante de seus materiais, mas fatores subjetivos como o fabricante e a idade podem agregar valor.

  3. Reúna as peças. Se as joias não forem feitas de metais preciosos e forem peças fantasia, procure no porta-joias se há peças que combinem com elas. Se a joia for de coleção, o valor pode ser aumentado pela presença dessas outras peças. Pingentes fantasia modernos podem possuir brincos ou um bracelete como conjunto. Joias fantasia vintage podem estar disponíveis em colares, braceletes, brincos, broches e anéis correspondentes.

  4. Consulte um especialista se você não tiver certeza dos materiais. Um joalheiro de boa reputação não cobrará para informar-lhe qual a pedra ou metal que há em suas joias. Ele também poderá informar os valores de mercado atuais das suas peças de ouro.

    Pesquisa

  1. Pesquise os preços de venda. Se as joias forem antigas ou fantasia, utilize sites de leilões, catálogos de leilões ao vivo e sites para encontrar os preços de venda de peças idênticas. Use informações reunidas para guiar o processo de procura. Note que um preço de venda é também influenciado pela confiança que o público tem na competência do vendedor. Assim, não é o valor pelo qual a peça pode ser vendida, mas isso lhe dará algumas ideias.

  2. Peça uma avaliação. Para joias verdadeiras e semipreciosas, uma avaliação estimará mais que o valor monetário. Um estudo completo da peça, incluindo qualidade, corte e tamanho das pedras e o peso em quilates é medido e documentado. O valor de mercado atual também é registrado. Esse será o valor no varejo ou de reposição. Ele poderá ser maior do que o de venda de um local privado, mas será uma estimativa exata do valor de mercado. Como o preço pode variar com o tempo, a avaliação dos quilates e conteúdos não sofrerão essa variação. Esse será um registro permanente que poderá ser usado para pesquisar preços no futuro.

  3. Monitore os preços das peças. O preço por grama de ouro é flutuante. Use o peso dos quilates e o volume de materiais listados na avaliação para determinar o valor de mercado periodicamente.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...