Como fazer suas próprias luzes de neon para bicicleta

Escrito por tricia lobo | Traduzido por arthur mello
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer suas próprias luzes de neon para bicicleta
Tubos de vidro usados para fazer luzes de neon podem ser moldados em qualquer forma (red neons light with a cat shape image by 3dpixs.com from Fotolia.com)

Luzes de Neon são feitas colocando-se gás em tubos de vidro e moldando-os do jeito que você quiser. Os tubos emitem luz quando uma corrente de alta voltagem passa pelo gás.

Neon e Argônio são os gases inertes primários usados para criar essas luzes. O gás Neon emite uma coloração vermelha quando a eletricidade passa por ele, o Argônio produz uma coloração azul quando a eletricidade é aplicada. Misturas especiais de Neon e Argônio, juntamente com tubos de vidro coloridos, produzem a maioria das cores das luzes neon. Assim como, às vezes, Criptônio e Xenônio são utilizados para produzir efeitos especiais nas luzes de neon.

Para produzir as grandes correntes de alta voltagem necessárias para iluminar as luzes neon em uma bicicleta, tais luzes precisam estar ligadas a um transformador.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Bicicleta
  • Tubo de vidro de chumbo mole
  • Eletrodos
  • Gás inerte
  • Fósforo líquido
  • Máquina de cobertura (revestimento)
  • Forno
  • Bomba de vácuo
  • Gerador
  • Transformador

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Limpe uma grande quantidade de tubos de vidro e coloque-os na máquina de cobertura. Essa máquina joga uma solução de fósforo liquido dentro do tubo e depois permite que ela escorra para fora do tubo. Aplique tintas coloridas, se desejar, do mesmo modo, e drene o liquido para fora do tubo. Seque os tubos, verticalmente, em um forno.

  2. 2

    Disponha as luzes da bicicleta com o design desejado em uma folha de amianto resistente ao calor. Para criar tubos com grandes curvas, use queimadores de fitas a gás. Para aquecer um comprimento pequeno, use pequenas tochas manuais.

  3. 3

    Aqueça e funda um eletrodo no final de cada tubo. Crie uma porta (ou como uma parte do eletrodo ou como uma peça separada unida ao tubo) para depois drenar o tubo com a bomba de vácuo.

  4. 4

    Bombardeie o tubo para remover as impurezas do gás, fósforo e eletrodos. Evacue o ar de dentro do tubo. Depois que a drenagem atingir um certo ponto, permita que ar seco entre no tubo até que a pressão atinja um alcance de 0.5 -1.0 mm de mercúrio. Conecte um transformador de alta corrente nos eletrodos, para que a corrente aqueça o vidro até aproximadamente 216 graus Celsius (420 Fahrenheit), e o eletrodo de metal até 760 graus Celsius (1400 graus Fahrenheit). A alta temperatura força a saída das impurezas dos materiais, e a bomba de vácuo leva as impurezas para fora do sistema.

  5. 5

    Deixe o tubo esfriar e insira o gás, livre de impurezas e sob baixa pressão. Obtenha aproximadamente uma pressão de 12 mm de enchimento de mercúrio para tubos com diâmetros de 15 mm. Aqueça e feche a porta da tubulação.

  6. 6

    Permita que o tubo cheio de gás descanse permitindo que o gás se estabilize e possa operar da maneira correta. Conecte um transformador aos eletrodos. Ao se usar Neon, espere que o tube fique completamente iluminado dentro de 15 min. Ao utilizar o Argônio, espere que a iluminação total aconteça em algumas horas. Resolva problemas como, uma centelha no gás, ou um local quente, abrindo o tubo e repetindo o processo de bombardeamento e enchimento.

  7. 7

    Conecte um gerador e um transformador às luzes de Neon. O gerador opera no lugar das baterias usadas para ligar luzes tradicionais de bicicletas, e o transformador assegura que uma voltagem suficiente passará pelo tubo cheio de gás.

Dicas & Advertências

  • Esse é um projeto do tipo faça-você-mesmo e pressupõe um certo nível de conhecimento eletrônico e construtivo. Se você não entender tudo nesse artigo, não tente fazê-lo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível