Subsídio ou reembolso por quilometragem de veículo

Escrito por chris joseph | Traduzido por elia regina previato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Subsídio ou reembolso por quilometragem de veículo
Quilometragem versus subsídio para o carro (tax time image by Tom Oliveira from Fotolia.com)

Reembolso de quilometragem e subsídios são duas maneiras pelas quais os proprietários podem ser compensados pela utilização de seu veículo particular para fins comerciais. Pode ser oferecido aos funcionários que precisam conduzir no desempenho de seu trabalho, como um vendedor ou um técnico de computador, em vez de fornecer ao empregado um veículo da empresa. O indivíduo geralmente tem completo controle sobre como o dinheiro que ele recebe será usado.

Outras pessoas estão lendo

Diferença básica

Com reembolso de quilometragem, os indivíduos podem ser compensados com uma taxa específica por quilômetro rodado, conforme determinado por seu empregador. Com um subsídio, as pessoas recebem um montante fixo de reais por mês de seu empregador para cobrir as despesas com o veículo, inclusive fazendo um pagamento do carro, se for o caso. Em algumas empresas, aqueles que recebem um subsídio podem também obter o reembolso por quilometragem.

Uso do veículo

As pessoas vão receber o reembolso por quilometragem apenas para os utilizados para fins comerciais e não para uso pessoal. Em geral, eles só serão compensados ​​pelo trajeto de casa para um local de trabalho e de volta para casa, como um vendedor atendendo a visitas agendadas, e não para deslocamentos regulares de casa para o escritório. Um subsídio é pago independentemente de quanto o veículo for utilizado para a empresa.

Despesas com o veículo

Com reembolso de quilometragem e um subsídio de carro, qualquer tipo de manutenção necessária no veículo será de responsabilidade do proprietário. Com um subsídio, as pessoas podem ou não ser obrigadas a pagar o combustível, dependendo da política do seu empregador. Em ambos os casos, os proprietários também serão obrigados a contratar seu próprio seguro, que pode ser mais caro quando um veículo é usado comercialmente. Em alguns casos, tais como quando o veículo for usado para entregas, a seguradora pode exigir que o indivíduo tenha cobertura de seguro comercial.

Implicações fiscais

No caso de reembolso de quilometragem, o valor recebido em reais não é tributável como renda, desde que não exceda o limite do imposto de renda por quilômetro rodado. Um subsídio de carro será considerado como rendimento tributável, mas a quilometragem pode ser dedutível. Para mais informações quanto às diretrizes fiscais de veículos, visite o site da Receita Federal.

Restrições do empregador

Alguns empregadores podem estabelecer restrições quanto aos quilômetros percorridos para reembolso. Por exemplo, ele pode não pagar para os primeiros 20 quilômetros percorridos por dia. Com um subsídio de carro, tais restrições normalmente não se aplicam, uma vez que o subsídio de carro é o mesmo, independentemente do quanto o veículo é utilizado para negócios da empresa.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível