Substitutos para a azeitona Kalamata

Escrito por carrie tuttle | Traduzido por anderson gandor
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Substitutos para a azeitona Kalamata
As azeitonas são encontradas em diversos sabores e possuem muitos substitutos (Ableimages/Lifesize/Getty Images)

A azeitona Kalamata, uma das mais conhecidas, é originária da região grega de Kalamata. Ela é grande, macia e encontrada tanto na variedade preta quanto púrpura escuro. Embora seja temperada como muitas outras azeitonas, a Kalamata tende a ser ligeiramente menos salgada e mais carnuda que as outras. Elas são vendidas em conservas com óleo e utilizadas em diversas receitas italianas conhecidas, como massa a putanesca e cobertura de foccacia. Se elas não forem encontradas, podem ser substituídas por outras azeitonas de sabor similar.

Outras pessoas estão lendo

Alcaparras

Alcaparras são pequenos brotos da planta Capparis spinosa, marinados ou colocados em conserva em sal e vinagre. Elas também são um ingrediente comum em muitas receitas mediterrâneas e podem substituir tranquilamente as azeitonas Kalamata. Apesar de serem um pouquinho diferentes em relação à textura, as alcaparras devem acrescentar um quantidade suficiente de sabor salgado e picante ao prato.

Azeitona Maddaleno (Alphonso)

Essa variedade vem de uma região do Peru chamada Tacna, na fronteira com o Chile. Embora ligeiramente menor que a Kalamata, a azeitona Maddaleno, ou Alphonso, conserva a mesma cor púrpura escura. Ela é curada em vinho ou conserva de vinagre por aproximadamente cinco meses e é conhecida por sua carne macia e suculenta.

Azeitona Gaeta (Gyeta)

A Gaeta é uma pequena azeitona italiana de um púrpura muito escuro. Ela se apresenta de duas maneiras: curada em sal seco e em salmoura, ambas tratadas com óleo de oliva, e possuem um sabor suavemente salgado. A azeitona Gaeta vem com seu caroço intacto e geralmente é usada como aperitivo.

Azeitona Nicoise

A azeitona Nicoise cresce apenas na Riviera Francesa, especificamente na Cote d'Azur. São pequenas em tamanho e de cores variadas, que vão do marrom escuro ao púrpura escuro e preto escuro. Ela é curada de forma seca, o que a deixa preta e enrugada, assim como pode ser curada com sal, deixando sua pele macia e a cor em um púrpura escuro. O processo pode levar cerca de seis meses.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível