Mais
×

Sugestões para combater o sono em viagens

Sugestões para combater o sono em viagens
Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Introdução

As viagens fazem parte de nossas vidas, seja de férias ou a trabalho. É comum a saída nos feriados e finais de semana para conhecer lugares diferentes e apreciar pontos turísticos de outras regiões. O problema é que muitas pessoas não conseguem se manter acordadas, pois o sono logo aparece devido à monotonia das estradas. Isso atrapalha a segurança de todos e pode causar sérios danos a quem viaja constantemente. Conheça algumas sugestões para combater o sono durante as viagens.

Ouça músicas durante a viagem
Thinkstock/Comstock/Getty Images

Ouça músicas para espantar o sono

A música pode ser um forte aliado no combate ao sono. Quando ouvimos uma canção durante a viagem podemos acompanhar letra e melodia, despertando o cérebro e evitando que o sono apareça. Lembre-se de que o motorista não pode se sentir incomodado com o barulho, então configure o som a uma altura que não perturbe ninguém, pois o condutor tem a responsabilidade de guiá-lo até o destino. Evite músicas com melodias muito tranquilas que, ao invés de despertar, estimulem o sono. A sugestão é ouvir músicas alegres, com letras descontraídas, que animem a todos durante a viagem, mas sem exageros.

Conversas agradáveis animam a viagem
Ryan McVay/Photodisc/Getty Images

Uma boa conversa é ótima para espantar o sono

Além da música, a conversa é uma excelente opção para manter as pessoas acordadas durante longos percursos. Inicie um bate-papo interessante com seus companheiros de viagem, evitando que o condutor se distraia demais. Fale sobre histórias em comum, relembre fatos interessantes e comente sobre as expectativas e planos do passeio. Esta é uma ótima oportunidade para, se for o caso, conhecer melhor as pessoas que seguem no mesmo veículo que você. Evite discursar sobre problemas ou frustrações, pois isso provoca desconforto e acaba por encerrar a maioria das conversas. Assuntos agradáveis e animados são bem-vindos.

Consuma alimentos leves para evitar o sono em viagens
Michael Blann/Lifesize/Getty Images

Evite alimentos que causam sonolência

Sim, existem alimentos que dão sono. Normalmente possuem triptofano, uma substância que causa sonolência instantaneamente, fazendo com que o cérebro envie o comando de relaxamento ao organismo. Entre estes alimentos estão a alface, a carne vermelha, bananas, maracujá, certos tipos de chás e alguns cereais. Refeições pesadas, com consumo de grande quantidade de carboidratos, também podem causar desconforto e sonolência durante o percurso. Portanto, fique atento ao tipo de alimento que você ingere antes de viajar e, assim, evite que o sono estrague o seu passeio ou dificulte a sua concentração no volante.

Alguns medicamentos causam sonolência
Digital Vision./Photodisc/Getty Images

Tome cuidado com certos medicamentos

Alguns medicamentos são capazes de relaxar o organismo e induzir facilmente ao sono. Substâncias encontradas em anti-inflamatórios, antidepressivos e outros tipos de medicamentos podem comprometer a atenção. Até mesmo um inocente comprimido antigripal ou uma pastilha contra o enjoo podem causar sonolência, diminuindo os reflexos. Eles interferem nas habilidades motoras, atuando diretamente no sistema nervoso central. Para evitar esse risco, leia a bula com atenção e verifique se há algum aviso do fabricante neste sentido. Caso as instruções relatem a possibilidade de diminuição dos reflexos ou sonolência, evite a ingestão do medicamento, principalmente se for o condutor do veículo.

Alimentação leve durante a viagem ativa o cérebro
Noel Hendrickson/Digital Vision/Getty Images

Ative o cérebro mantendo a boca em movimento

O cérebro se mantém ativo quando nos alimentamos, fazendo com que permaneçamos despertos, no típico 'estado de atenção', como denominam os especialistas. Se você não for o condutor do veículo, tome refrigerantes ou sucos, beba água, mastigue balas ou faça pequenos lanches enquanto viaja, mantendo o cérebro ativo. Se for o motorista, experimente mascar chicletes ou balas e evite comer enquanto conduz o veículo para não se distrair. Lembre-se que, segundo o Código Brasileiro de Trânsito, o condutor comete infração ao se alimentar enquanto dirige. Estas ações simples manterão a mente ativa e espantarão o sono.

Programe paradas regulares no percurso
Creatas/Creatas/Getty Images

Faça paradas regulares

Quando o percurso é longo, é fundamental programar paradas regulares para descansar a mente e alongar o corpo. Visite restaurantes, lojas de artigos turísticos ou outros locais que despertem interesse e ativem sensações de bem-estar durante a viagem. Isso ajudará tanto aos passageiros quanto ao condutor na luta contra a sonolência. Aproveite para tomar algo, respirar profundamente, fazer um lanche agradável e alongar o corpo, descansando o suficiente antes de prosseguir no caminho. Cafés, energéticos e sucos naturais estão entre as bebidas indicadas para reavivar a mente e voltar ao percurso com mais ânimo.

Deixe o vento bater no rosto
Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Mantenha os vidros abertos

Em certas situações, o sono é tão persistente que não há nada melhor do que abrir as janelas e deixar o vento fresco bater no rosto. Evite, no entanto, seguir esta sugestão por um longo percurso, pois o sono é persistente e dificilmente consegue ser vencido apenas com a nossa força de vontade. Procure logo um local seguro para fazer uma parada e despertar a mente e o corpo. Muitas vezes o melhor a fazer é se render e deixar o organismo descansar por completo com uma boa noite de sono, principalmente quando o trajeto é longo ou depois de um dia cansativo. Nunca dirija depois de mais de 19 horas seguidas acordado.

Há horários em que o corpo pede descanso
Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Evite os horários menos favoráveis para viajar

Há estudos científicos determinando os piores horários para se viajar, levando em conta que, nestes momentos, o organismo tende a diminuir os níveis de estado de alerta, ficando mais propenso à sonolência. Segundo o CEMSA (Centro de Estudo Multidisciplinar em Sonolência e Acidentes), é mais arriscado dirigir entre as 12h e 14h, bem como entre as 20h e 5h, independente da ingestão de alimentos pesados ou medicamentos. Sendo assim, a sugestão é aproveitar estes horários para relaxar e, em se tratando do período noturno, encontrar um lugar seguro de parada para uma boa noite de sono.

Arrume as malas com antecedência
Comstock/Comstock/Getty Images

Tome as precauções necessárias

Dentre os principais motivos que desencadeiam o cansaço e a sonolência logo que a viagem começa estão a falta de planejamento e a correria para colocar tudo em ordem e sair. Para evitar estes transtornos, a melhor opção é se preparar com calma e antecedência. Por isso, cuide da arrumação das malas pelo menos um dia antes da partida, procure ter uma boa noite de sono na véspera e alimente-se adequadamente. Lembre-se que, apesar das precauções, é difícil controlar o sono quando ele chega. Se apesar de tudo a vista embaçar ao volante, não insista. Pare o veículo e descanse.