Suplementos que os cachorros precisam quando comem comida feita em casa

Escrito por jennifer hicks Google | Traduzido por priscilla medeiros
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Suplementos que os cachorros precisam quando comem comida feita em casa
Os cachorros que comem comida caseira precisam de suplementos de vitaminas e minerais para se manterem saudáveis (dog image by Zbigniew Nowak from Fotolia.com)

Os adeptos da alimentação canina por comida caseira, citam a falta de qualidade nas comidas comerciais como a principal razão para adotar essa alternativa. Para os donos de cachorro que optam por a comida caseira é importante ter conhecimento sobre suplementos de minerais e vitaminas, já que a dieta tradicional pode não fornecer todos os nutrientes necessários. Abaixo estão alguns nutrientes vitais para a saúde canina. Consulte seu veterinário para saber as doses certas.

Outras pessoas estão lendo

Vitaminas B

As vitaminas B - B12, biotina, ácido fólico, niacina, ácido pantotênico, piridoxina, riboflavina e tiamina - apoiam a função neuromuscular, ajudam as enzimas de uso do corpo de um cão, assim como no desenvolvimento de pelagem e pele saudáveis, além de auxiliar na produção de células vermelhas do sangue. Os cães de pequeno porte podem tomar uma baixa dose de complexo B duas vezes por dia, de acordo com a University of Veterinary Medical Hospital de Ensino da Flórida (VMTH), enquanto cães de tamanho médio devem consumir um complexo de 50 mg, que contém 50 mg de cada B vitamina, e cães de grande porte um complexo de 100 mg. As Vitaminas B também pode ser encontradas em levedura de cerveja e melaço.

Vitamina E

A vitamina E suporta a saúde do sistema muscular e imunológico, de acordo com o Guia do proprietário de cão, e melhora a pele seca. As doses recomendadas variam; a organização Dog Aware sugere 100 UI diariamente para cães de pequeno porte e 400 I.U. para cães de grande porte. Enquanto isso, o VMTH aconselha a suplementação com 400 UI para cães com idade inferior a 2, e 800 I.U. para animais mais velhos. Consulte o seu veterinário para saber o que é melhor para o seu animal.

Vitamina C

A vitamina C pode desempenhar vários papéis na saúde do cão, de acordo com a Pet Education. As vitaminas E e C agem juntas na forma de ácido ascórbico e estão envolvidas no crescimento ósseo, além disso podem ser úteis para aliviar a dor nas articulações de displasia coxofemoral. O VMTH recomenda 250 mg duas vezes por dia para cães com idade inferior a 2, e 500 mg para cães mais velhos.

Cálcio

Os cães precisam de um fornecimento constante de cálcio para manter os ossos fortes, unhas e dentes. A Dog Aware recomenda a adição de 800 a 1.000 mg por quilo de alimento cozido para cães adultos. Alguns proprietários utilizam cascas de ovos; outras formas do nutriente, incluindo o carbonato, citrato e lactato irão funcionar, também. Os filhotes precisam de mais cálcio por dia, então pergunte ao seu veterinário quanto para administrar. O VMTH também observa farinha de ossos como fonte de cálcio. Corpos canina pode absorver e utilizar o cálcio encontrado no iogurte e queijo cottage, também, de acordo com informações do veterinário.

Peixes e outros óleos

Omega-3 e -6 de óleos e fontes vegetais são essenciais para a saúde do cão, especialmente os mais velhos, de acordo com informações do veterinário, porque ajudam a reduzir a inflamação e apoiar a função gastrointestinal. Óleo de noz, sementes de cânhamo chão e de linhaça, óleo de canola podem ser adicionados aos alimentos, além de sardinhas ou óleo de peixe, diz Dog Aware. O VMTH recomenda que cães consumam 1.000 mg de óleo de peixe, 1 colher de sopa de semente de linhaça moída ou duas sardinhas diárias.

Probióticos

Como as pessoas, os cães precisam de bactérias boas para manter a função intestinal saudável. Cães tratados com antibióticos, que sofrem de diarréia ou, que estejam sob estresse se beneficiam da suplementação de probiótico, de acordo com a Dog Aware, e os produtos vendidos para os seres humanos funcionam tão bem como aqueles comercializados para cães. Duas cepas probióticas, em particular, são úteis para cães: sporogenes Lactobacillus e Enterococcus faecium.

Multivitaminas

Os veterinários em geral acreditam que se um cão tiver uma dieta equilibrada, os suplementos não serão necessário, de acordo com o Manual do Proprietário do cão. No entanto, se uma dieta caseira for carente de vários nutrientes, o seu veterinário pode recomendar um multivitamínico para garantir que o seu cão receba todas as vitaminas e minerais de que necessita. A recomendação do seu veterinário irá basear-se na dieta você fizer com ele.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível