Como surge o diabetes?

Escrito por andrea helaine | Traduzido por eduardo horst maidana
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como surge o diabetes?
O diabetes mellitus é uma doença altamente prevalente na população (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)

Existem várias possíveis fontes do diabetes mellitus (dependendo do seu tipo), que é uma doença em que o corpo não consegue produzir ou utilizar a insulina adequadamente e, portanto, não consegue utilizar de forma normal parte da energia dos alimentos. O diabetes tipo 1 é uma falha na produção de insulina, enquanto que o tipo 2 é caracterizado pela incapacidade ou dificuldade do corpo em utilizá-la.

Outras pessoas estão lendo

Estatísticas

De acordo com a Associação Americana de Diabetes, 23 milhões de pessoas tem diabetes nos Estados Unidos e aproximadamente 1/3 desses não tomaram conhecimento da doença ainda. Além disso, 57 milhões de pessoas tem um pré-diabetes que os põe em risco de desenvolver o diabetes do tipo 2. Essa doença, quando não diagnosticada e não tratada, pode lesar órgãos como o coração, olhos, rins e pâncreas.

Autoimune

Doenças autoimunes podem afetar a função do pâncreas através do ataque do corpo humano contra si mesmo. Isso pode reduzir a função do pâncreas e diminuir sua habilidade em processar a insulina. Se há a suspeita de diabetes tipo 1, o médico pode considerar a possibilidade de uma doença autoimune e monitorar os sintomas.

Pressão sanguínea

As pessoas com hipertensão podem ter um diabetes não diagnosticado ou estar desenvolvendo a doença. Diminuir os fatores de risco, como dieta desbalanceada e sedentarismo, pode reduzir a pressão sanguínea e a chance de desenvolver diabetes.

Dieta

A dieta pode ser um fator contribuinte para o desenvolvimento de diabetes. Se a pessoas já possui risco, uma dieta rica em açúcar ou gorduras pode aumentar ainda mais as chances de desenvolver diabetes. Diminuir a ingestão de gorduras, de açúcar e o consumo de álcool ajuda a manter a habilidade do corpo de processar os nutrientes corretamente e de diminuir a pressão sobre o pâncreas e outros órgãos.

Hereditariedade

Tanto o diabetes tipo 1 quanto o tipo 2 possuem fortes ligações com a genética. Se há histórico de diabetes na família, as chances de desenvolver a doença aumentam. De acordo com a Associação Americana de Diabetes, o histórico familiar dessa doença pode aumentar a sua predisposição a desenvolvê-la, mas há também fatores secundários, ligados ao ambiente, que contribuem no desenvolvimento de diabetes.

Peso

Pessoas com sobrepeso possuem um risco maior de desenvolver diabetes. Se você tem um índice de massa corporal 20% maior do que o normal para sua altura, peso e idade, o risco de desenvolver diabetes é aumentado. Perder peso ajuda a diminuir os níveis de glicose no sangue e promove um incentivo no corte de doces e gordura da dieta. Comer refeições mais frequentes e com menores porções ajuda tanto a perder peso como a diminuir a quantidade de açúcar no sangue.

Medicamentos

Alguns medicamentos ou drogas, como os esteroides, podem aumentar os níveis de açúcar no sangue. Os diuréticos reduzem a função do pâncreas e podem aumentar a vulnerabilidade ao diabetes. O ajuste da prescrição desses medicamentos pelos médicos pode diminuir a chance de desenvolver diabetes. Contudo, se essas drogas estiverem sendo mal utilizadas, os efeitos sobre a produção de insulina podem ser permanentes.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível