Como fazer tabulações cruzadas

Escrito por liz frazier | Traduzido por vinícius albuquerque
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Uma das operações básicas da análise estratégica é determinar a frequência em que uma ação ou característica ocorre em uma população. Talvez você queira saber quantas vezes por semana as pessoas com quem trabalha comem fora, ou quantas dessas pessoas são homens ou mulheres. Porém, algumas vezes a informação que queremos é um pouco mais complexa. E se você quiser saber quantas das mulheres em seu trabalho comem fora mais de três vezes por semana? Isso envolve a análise de duas variáveis (gênero e frequência em comer fora) ao mesmo tempo. Para obter essa informação, será necessário fazer uma tabulação cruzada.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Levantamento de dados
  • Programa de estatística, como o SPSS (Statistical Package for the Social Sciences — Pacote Estatístico para as Ciências Sociais)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Revise os conceitos básicos de estatística e metodologia de pesquisa. Embora as ações exigidas na tabulação cruzada sejam muito fáceis, será melhor se você ler sobre o assunto.

  2. 2

    O propósito da coleta e análise de dados é responder uma pergunta. Essa pergunta é formalmente chamada de "hipótese". Tenha-a firmemente fixa na mente antes de começar a cruzar dados.

  3. 3

    Reúna os dados que usará na análise. Eles podem vir de uma pesquisa que você conduziu ou de dados encontrados na Internet.

  4. 4

    Insira os dados em um programa estatístico. Essa é a parte mais chata. Dependendo do tamanho da sua amostra, esse processo pode levar de uma hora até alguns dias.

  5. 5

    Selecione as variáveis para a análise. Escolha uma dependente e outra independente. Elas devem estar relacionadas à sua hipótese.

  6. 6

    Defina os parâmetros da tabulação cruzada. No SPSS, selecione "Analyzed > Descriptive Statistics > Crosstabs..." (Analisado > Estatísticas descritivas > Tabulação cruzada...). Coloque a variável independente como "row" (linha) e a dependente como "column" (coluna). Habilite contagens e percentuais para que sejam exibidos.

  7. 7

    Imprima a tabela ou exporte-a para o seu documento. Se a tabela cruzada for para o esboço de um artigo, você pode copiar e colar do jeito que está no documento. Contudo, se estiver fazendo a versão final de um relatório, crie uma tabela personalizada em um programa de planilhas (como o Excel) e copie os dados nela.

  8. 8

    Interprete os dados para ver como eles respondem sua hipótese. Escreva suas conclusões de forma clara, reformulando a pergunta e respondendo-a.

Dicas & Advertências

  • Explique a tabulação cruzada para o leitor. Dê uma conclusão geral que possa ser obtida a partir da tabela e aponte para as porcentagens e totais mais relevantes.
  • Pense com cuidado nas variáveis dependentes e independentes que escolherá.
  • É importante ver tanto as contagens quanto as porcentagens juntas na tabela cruzada, pois sozinhas elas podem ser enganosas. Se no exemplo acima você viu que 30 homens comeram fora três vezes por semana e 25 mulheres fizeram o mesmo, pode acabar concluindo que é mais provável que homens assumam esse comportamento. Porém, e se houvesse, no total, 100 homens e 50 mulheres trabalhando com você? Se olhar para as porcentagens, verá que 30% dos homens e 42% das mulheres comem fora três vezes por semana. Portanto, mulheres são mais propensas a esse comportamento que os homens.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível