Como fazer uma tala noturna para fascite plantar

Escrito por contributing writer | Traduzido por ricardo torres iupi
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer uma tala noturna para fascite plantar
O alongamento do tendão de Aquiles e dos músculos da panturrilha é muito importante para prevenir a fascite plantar (John Howard/Photodisc/Getty Images)

Fascite plantar é uma das causas mais comuns de dor na parte inferior do pé. Essa condição consistem em uma inflamação de uma faixa tecidual conhecida como fáscia plantar, que liga o calcâneo aos dedos. Os sintomas dessa fascite incluem queimação e dor latejante no peito do pé ou calcanhar, aparecendo muitas vezes pela manhã. O tecido da fáscia vai esticando ao longo do dia, fazendo com que a dor diminua um pouco e, à noite, uma tala irá ajudá-lo a dormir.

Outras pessoas estão lendo

Tratamento

A fascite plantar é comum em esportes que envolvam correr, dançar ou pular. Também aparece em pessoas com excesso de peso, em gestantes e naqueles que usem sapatos sem apoio adequado para o dorso do pé.

Para tratar essa condição, estique a fáscia plantar ficando em pé na frente de uma parede, com os pés apoiados no chão e os braços estendidos para que suas mãos toquem a parede. Incline para a frente colocando mais pressão sobre o pé afetado, até sentir um estiramento em seu tendão de Aquiles e panturrilha. Massageie a parte de trás do seu pé para soltar a fáscia. Role o pé para trás e para a frente em uma garrafa de água fria para massageá-lo e reduzir a inflamação simultaneamente, e durma com uma tala noturna. Essa tala mantém a fáscia plantar, o tendão de Aquiles e os músculos da panturrilha em uma posição levemente alongada, fazendo que ela não contraia durante a noite. Use esse acessório até que os sintomas melhorem.

Talas noturnas caseiras

Talas noturnas podem ser compradas em lojas de suprimentos médicos ou ser feitas com materiais comuns. Talas compradas são feitas de uma variedade de materiais, incluindo elástico, velcro, neopreno, algodão, fibra de vidro ou de plástico. As caseiras são feitas a partir desses mesmos materiais.

Lembre-se de que o objetivo de uma tala noturna é colocar o pé em uma posição flexionada até sentir um alongamento suave ao longo da fáscia plantar, puxando os dedos dos pés em direção aos joelhos. Enrole uma faixa elástica ou bandagem em torno do pé e da tíbia. Para alongá-la ainda mais e dar maior suporte durante a noite, coloque um material sólido contra a sola do pé, antes de envolvê-lo com elástico ou atadura. Materiais duros incluem palmilhas rígidas, um pedaço fino de plástico duro ou de fibra de vidro, que possa ser envolvido na tala.

Tente fazer uma tala noturna caseira com uma meia longa. Por exemplo, pegue uma meia e costure dois laços nela, um em torno do meio da canela e o outro na região em que os dedos ficam. Tome um cordão, cadarço ou tira de pano ou elástico, e passe por baixo do laço os dedos. Puxe ambas as extremidades dele até sentir um alongamento ao longo da sola do pé e, em seguida, ancore-o no laço da canela. Se preferir outro método de fixação, use velcro ou qualquer outro tipo de fecho para a construção do dispositivo.

Prevenção

Previna a fascite plantar, corrigindo quaisquer problemas biomecânicos através do alongamento do tendão de Aquiles e dos músculos da panturrilha, reforçando o dorso do pé através de exercícios com toalhas enroladas, captura de bolinhas de gude e "toe taps".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível