Como usar um tear

Escrito por daisy peasblossom fernchild Google | Traduzido por mariana zambon ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como usar um tear
Esse desenho ousado utiliza fibras adicionais (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Fazer seu próprio tecido em tear produz um corte autêntico para trajes de época ou decorações exclusivas para roupas modernas. Você precisará de um tear manual que permita fazer variados comprimentos de urdidura, cada um com graus diversos de sofisticação. É possível criar faixas simples, tecidos estampados ou bordar desenhos na faixa simples.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tear
  • Linhas
  • Lançadeira
  • Bastão
  • Pente
  • Agulha

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Costure os fios da urdidura no tear. Teares de faixas, teares de cartão e teares de miçangas são boas opções para utilizar na tecelagem. Você pode usá-los para tecer, bem como os teares de contas, os presos às costas ou os teares de mesa. Os fios de urdidura são linhas, fios ou lãs nos quais você tecerá o tecido.

  2. 2

    Selecione as fibras de urdidura que sejam fortes o bastante para suportar a tensão e a fixação. Fios de bordado que não foram separados em filamentos, linha de crochê ou linha forte de poliéster são boas opções. O número de fios de urdidura varia com o peso do material e a largura desejada do acabamento, mas você precisará de pelo menos seis filamentos de material de urdidura.

  3. 3

    Acrescente tramas complementares se necessário. Essas tramas são voltas de linha que você coloca sobre os fios de urdidura para puxar para cima, para baixo ou para fora - dependendo do tipo de tear - a fim de criar uma abertura entre os fios para facilitar a inserção da lançadeira. Os teares mais básicos, como o tear de miçangas ou o preso às costas, não precisam de tramas complementares. Os teares de trama possuem tramas que são tecidas durante o processo de encordoamento da urdidura.

  4. 4

    Enrole a trama ou o fio de urdidura na lançadeira. Esse é o fio que você tecerá na urdidura para criar o tecido. As lançadeiras podem ser dispositivos sofisticados com uma bobina que libera a linha ou um pedaço simples de madeira em formato de "H" no qual você pode enrolar o fio de urdidura.

  5. 5

    Prepare uma lançadeira para cada cor caso esteja tecendo uma estampa que utilize duas ou mais cores. Use uma agulha de lã sem ponta com seu fio de urdidura enrolado como lançadeira. A desvantagem do último é que você não pode manusear fios compridos sem a possibilidade de enroscar. Porém, essa pode ser uma boa opção para uma estampa que pede frequentes mudanças de cor ou para tipos de teares básicos.

  6. 6

    Teça o fio de urdidura nas linhas da trama. Se você estiver usando um tear de tramas complementares ou um que necessite de tramas complementares, utilize o pedal, alavanca ou puxe os fios da trama para abrir um túnel através de seus fios. Puxe a lançadeira pela abertura deixando um pedaço de linha de cerca de 7 cm no lado da entrada.

  7. 7

    Insira um bastão pela trama passando sobre um fio e depois por baixo do próximo para criar a abertura caso esteja usando um tear simples, tal como um tear de contas ou um tear preso às costas. Gire o bastão apontando para os fios da trama após a inserção, criando a abertura para a lançadeira. Se estiver usando uma agulha, teça-a por baixo da linha e depois por cima da próxima a partir da entrada da trama e até a saída.

  8. 8

    Teça a segunda fileira da trama novamente através da urdidura. Pise no próximo pedal, puxe a alavanca ou puxe o outro conjunto de fios de malha para criar uma abertura inversa em teares que usam malhas. Se você utilizar um bastão, retire-o e depois insira-o mais uma vez na urdidura, dessa vez passando por cima a cada linha que você passou por baixo anteriormente e por baixo de cada linha em que você passou por cima anteriormente.

  9. 9

    Deixe um laço solto de linha na ponta da urdidura até que tenha tecido a trama por toda a extensão. Tensione bem a trama, mas segure o fio da ponta a fim de impedir que ele entre no tecido, o que faria a trama se estreitar e traria resultados desagradáveis.

  10. 10

    Prenda bem seu tecido para garantir que as fibras da trama estejam niveladas e bem juntas. Em teares de malha, faça isso com uma barra fixadora através da qual a trama é tecida. Puxe a barra prendendo a trama recém-tecida.

  11. 11

    Pressione bem os fios usando um bastão achatado inserido na trama, nos teares que usam um bastão ou cordões de malha. Para teares muito pequenos, nos quais se utiliza uma agulha como lançadeira, um pente de bolso serve como uma boa barra fixadora improvisada. Após tecer por duas rodadas, penteie com firmeza as linhas da urdidura, forçando a trama a se unir.

  12. 12

    Varie a tecelagem básica de "por cima e por baixo" para criar estampas no tecido usando cores diferentes de trama ou acrescentando bordados ao trabalho. Os padrões de tecelagem variam passando por cima de duas linhas ou mais ao invés de apenas uma. Alterne as lançadeiras ou acrescente pequenos pedaços de fibras de diferentes cores, desde a trama primária até cores mais ousadas. Faça um tecido simples - por cima e por baixo, por cima e por baixo - e depois borde um desenho repetitivo no topo do tecido antes de virá-lo para adicionar o bordado.

  13. 13

    Enrole o tecido acabado à barra inferior do tear e desenrole a nova urdidura da barra superior do tear. Quando o tecido estiver terminado, corte fios alternados do tear e amarre-os, repetindo esse processo até que todos os fios estejam livres. Enrole o tecido ao tear e faça isso novamente na outra extremidade. Você pode deixar soltas as extremidades amarradas, como se fossem uma franja, ou pode amarrá-las numa agulha e enfiá-las de volta ao tecido.

Dicas & Advertências

  • Pesquise as estampas para garantir que são autênticas do seu período histórico.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível