Técnica de crochê tailandesa

Escrito por jeffrey norman | Traduzido por andre trapani possignolo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnica de crochê tailandesa
O Mali Dokmai, o ponto fofo e outros instrumentos da técnica de crochê tailandês podem ajudá-lo a criar flores de crochê (Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images)

A técnica de crochê tailandesa é um método único de artesanato da cultura tailandesa. A execução de seu ponto de costura, o Mali Dakmai, não é muito conhecida fora do país. Entretanto, as pessoas que têm o crochê como hobby podem empregar muitos outros pontos para fazer uma réplica autêntica do artesanato tailandês. Esteticistas também podem usar a técnica de crochê tailandês para estilizar cabelos de clientes.

Outras pessoas estão lendo

Mali Dokmai

Traduzido a grosso modo para o português como "flor jasmim" ou "ponto de flor", o Mali Dokmai é o ponto tradicional dominante do crochê na cultura tailandesa. Pode ser usado para confeccionar figuras de flores, que são muito conhecidos na Tailândia. Para aprender a executar corretamente o Mali Dokmai é necessária uma visita à Tailândia, de forma que se possa estudar a técnica com os nativos, peritos no assunto. Entretanto, o ponto pode ser muito bem reproduzido utilizando o ponto estrela, fazendo um ajuste no momento de apertar os pontos; Para o Mali Dokmai deve-se fazer três voltas no ponto final sobre o nó, antes de terminá-lo.

Ponto fofo

É possível criar muitas figuras em crochê com o Mali Dokmai, mas aquelas com uma aparência mais cheia demandam o uso de uma técnica alternativa, o ponto fofo. Por ser uma técnica muito avançada, os iniciantes devem proceder muito devagar ao tentar fazê-los. Começa com uma corrente base composta por vários pontos simples de crochê. Outra fila de pontos simples deve ser feita a partir da corrente base. O ponto fofo de verdade começa na segunda fileira, que começa no lado direito da primeira. Coloque o fio sobre o nó, passando-o através da corrente base, e faça uma volta para cima. Repita isso quatro vezes. Coloque o fio acima do nó novamente, arraste todas as 9 voltas para o nó e leve-os até a base, para fechar o ponto fofo.

Ponto "galaxy"

Para a técnica de crochê tailandesa pode-se fazer um ponto “galaxy”, frequentemente usado para criar cachecóis para o frio. Quando executado corretamente, lembram o padrão de um ponto floral do Mali Dokmai. Assim como no ponto fofo, comece criando uma corrente base com 32 pontos simples. Comece com um ponto “galaxy”, inserindo o nó através do segundo ponto simples da corrente. Faça uma volta até o fio acima do nó. Puxe o nó através do primeiro ponto simples e, mais uma vez, até o fio em cima, e pule um nó.

Dreadlocks

A técnica tailandesa de crochê também pode ajudar a criar e a manter dreadlocks. Um cliente deve primeiro lavar e secar seu cabelo. Usando um nó de crochê menor que 1 milímetro, o estilista torce ligeiramente uma seção do cabelo, então empurra o nó por uma porção pequena da seção para fazer uma volta, pegando não mais que 20 fios de cabelo. Depois, deve-se torcer o cacho em direção ao rosto. Guia-se o nó através da seção formando um ângulo de 45 graus com a volta em que se está trabalhando, puxando a seção para que forme outra volta. Repete-se esse processo até que toda a seção esteja feita.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível