Técnicas da caça aborígenes tradicionais

Escrito por h. maria perry Google | Traduzido por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnicas da caça aborígenes tradicionais
Aborígenes australianos caçam animais, como o canguru (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Aborígenes são os povos nativos da Austrália. Os aborígenes têm aperfeiçoado suas técnicas de caça próprias e únicas para seu ambiente e estilo de vida. Homens e mulheres têm papéis diferentes na caça e compartilham o trabalho. Homens caçam animais grandes e mulheres reúnem plantas comestíveis e caçam pequenos animais. Homens aborígenes costumam caçar para se alimentar e a suas próprias famílias, mas às vezes eles participam de grupo de caça para fornecer alimentos para toda a aldeia. Tanto os homens como as mulheres usam uma variedade de ferramentas e técnicas tradicionais de caça passadas de geração em geração.

Outras pessoas estão lendo

Armas tradicionais

A Austrália é um país vasto, com vários climas diferentes, de desertos a florestas tropicais a montanhas e planícies. Apesar das diferentes condições ambientais e populações de animais de cada região, as diferentes tribos aborígenes desenvolveram instrumentos de caça semelhantes. Clavas, facas e ferramentas de arremesso, como bumerangues e lanças, são utilizados por quase todas as tribos. Facas são feitas de pedra afiada e ossos de animais. Lanças também são feitos de ossos de animais e de longas varas de madeira.

Técnicas regionais

Aborígenes desenvolveram técnicas de caça adaptadas ao ambiente e aos animais que caçam. Tribos do deserto caçam emas e cangurus, e desenvolveram o bumerangue, que é lançado contra o animal. O bumerangue atinge o animal na cabeça, pescoço ou membros, imobilizando-o. Tribos costeiras caçam tartarugas, baleias e dugongos, que são parentes do peixes-boi. Essas tribos usam uma lança de três pontas para furar animais marinhos e peixes. Algumas tribos empregam dingos domesticados, ou cães selvagens, para ajudá-los a caçar.

Técnicas para reunir rebanhos

Homens aborígenes muitas vezes caçam cangurus em grupo. Os homens esticam uma grande rede através de uma área da floresta perto de onde os cangurus estão se alimentando. Uns poucos caçadores então se espalham para o outro lado dos cangurus, de modo que os animais são colocados entre os caçadores e a rede. Outros caçadores se escondem no mato perto da rede. Os caçadores conduzem os cangurus para perto da rede. Quando os animais se enroscam na rede durante a tentativa de escapar desses predadores, os caçadores escondidos matam os animais capturados com os clavas, lanças e facas.

Rastreando pistas de animais

Caçadores de planícies examinam o horizonte para localizar perturbações na grama alta. Tribos da floresta e do deserto procuram pegadas de animais no chão. Tribos costeiras aprendem como são os padrões alimentares e de migração de tartarugas e mamíferos marinhos para poder rastrear e matar comida. Aborígenes não caçam à noite, no entanto, eles caçam animais noturnos, como o coala e o gambá. Animais de hábitos noturnos são rastreadas até suas tocas diurnas pelo cheiro ou seguindo-se excrementos e pegadas. Caçadores mergulham um pedaço de pau ou uma folha de grama em um pouco de mel e os inserem na toca do animal, como um buraco ou uma árvore oca. O caçador examina o mel para ver se há pelos de animais presos no alimento para confirmar se a presa está presente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível