Mais
×

Técnicas de luta do dragão negro

Atualizado em 17 abril, 2017

O dragão negro é um estilo de kung fu que acredita-se ter evoluído dos estilos clássicos do templo Shaolin. Acredita-se também que o estilo foi originado no ano de 714 em um templo em Hunan. O dragão negro é um estilo de batalha que é mais parecido com os estilos de artes marciais do sul que do norte, com chutes e golpes de longa distância.

O dragão negro é considerado um ramo tradicional do kung fu (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Captura e agarros

O dragão negro é um sistema de luta que utiliza técnicas de captura e de agarro. Essas técnicas são conhecidas como "chin'na" e são utilizadas para prender membros de um oponente ou bloquear suas articulações, a fim de subjugá-lo.

Chutes

Embora existam chutes no estilo dragão negro, eles são de curto alcance que se destinam a, no máximo, o nível da cintura. O sistema contém alguns chutes altos, mas eles são destinados ao esporte e não a técnicas de combate reais.

Golpes em pontos de pressão

O kung fu dragão negro também é conhecido por ataques que utilizam pontos de pressão, conhecidos como Dim Mak. Esses pontos específicos no corpo do adversário podem ser utilizados para neutralizá-lo ou imobilizá-lo, bem como para causar grande dor ou choque.

Fluxo de energia

O kung fu dragão negro rejeita as formas rígidas ou katas encontrados em algumas artes marciais em favor de formas fluidas mais adaptáveis. Isso também vale quando se trata de técnica de luta, que tem por objetivo fluir livremente e aproveitar a energia através de uma prática conhecida como "qi gong". A fluidez dessa técnica permite que os profissionais ajustem facilmente a distância e o ângulo de posição de um oponente para ataque e defesa.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article