×
Loading ...

Técnicas de pintura para paredes de estuque

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Estuque é uma superfície texturizada, geralmente criada por uma mistura de areia com aglutinante. É aplicada às paredes planas para proporcionar uma textura mais interessante. É muito fácil pintá-lo, e você não precisa de nenhuma técnica especial. Você vai querer preparar a superfície corretamente para cobrir eventuais defeitos na parede, e também garantir uma boa aderência para a sua pintura.

A pintura do estuque pode realçar ainda mais sua singularidade (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

Pintando uma superfície de estuque

Em primeiro lugar, remova as partículas soltas ou restos da parede. Passe massa-corrida e repare todas as rachaduras ou fissuras no estuque. Use um composto de secagem rápida se o tempo é uma preocupação.

Se a superfície é crua, você definitivamente vai querer preparar o estuque com uma tinta base de alta qualidade para garantir uma boa aderência. Mesmo se a superfície já foi pintada, essa é uma boa ideia para garantir os melhores resultados e um acabamento duradouro. Ao aplicar a tinta, use um rolo de espessura de meia polegada ou mais para garantir uma boa cobertura sobre a textura. Você pode precisar voltar com um pincel para cobrir algumas áreas, se a textura do estuque é muito saliente. Se tiver problemas com a cobertura, você pode diluir a tinta com um pouco de água (para o látex) ou álcool mineral (a óleo), mas adicione apenas um pouco de cada vez.

Uma vez que a tinta base estiver seca, aplique a sua pintura final. É sempre melhor usar o mesmo tipo de tinta (látex ou óleo) que foi usado pela primeira vez. Caso precise identificar qual é qual, esfregue uma área com álcool doméstico em um pano, se a tinta sair, é látex. Você poder pintar com látex em cima da tinta a óleo, mas não vice- versa. Pinte com pincel e rolo as áreas cortadas enquanto molhadas. Mantenha uma borda molhada em áreas pintadas para evitar marcas de rolo, embora, a textura mais pesada de estuque tenha um acabamento que perdoará muitas falhas. Novamente, use um pincel para trabalhar em áreas não cobertas pelo rolo. Esteja ciente de pingos, que são mais prováveis com o rolo mais pesado, e suavize-os com o pincel, com movimentos para baixo.

Aplique uma segunda camada, se necessário, uma vez que a primeira estiver seca em uma cobertura sólida. Uma boa tinta base e final com grande carga de pigmentos (de marcas reconhecidas no mercado) podem fazer a segunda demão desnecessária; muitas vezes, se existem pequenas áreas sem pintura, você pode apenas retocá-las levemente, mas espere até que a tinta esteja seca. Use um pincel seco e pouca tinta para isso.

Loading...
Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...