Mais
×

Técnicas sobre telhado de colmo e de relva

Atualizado em 21 novembro, 2016

Para aqueles que procuram uma alternativa para tetos, um telhado de relva ou de colmo proporciona um excelente isolamento, não tem efeitos negativos sobre o meio ambiente e são de longa duração. A relva é barata, à prova de fogo e controla o escoamento da água. Já o colmo é impermeável e visualmente atraente.

Os telhados de colmo eram utilizados na Europa desde a Idade do Bronze (thatched cottage image by Louise McGilviray from Fotolia.com)

Noções básicas sobre o colmo

Para colocar colmo em um teto, pedaços de colmos amarrados retirados de juncos ou caniços são ligados a vigas do telhado ou tiras de couro para formar uma camada inferior. O processo é repetido sobrepondo uma camada do pedaços de colmo sobre a primeira camada. A segunda camada é mantida no lugar pressionando barras de madeira ou de aço dobradas em V no colmo. A terceira e última camada é adicionada ao longo da linha superior, para reforçar ainda mais.

Métodos para instalação do colmo

Se for trabalhar em um telhado que já tenha o colmo, a camada inferior pode ser deixada se estiver em boas condições. Caso isso não seja possível, será preciso substituir todo o telhado de colmo.

Construção do telhado de relva

Um telhado com relva, às vezes chamados de telhados vivos, podem ser feitos com turfa ou palhas. A relva pode ser instalada em telhados planos ou inclinados em até 27˚, mas uma inclinação de 14˚ é melhor para o escorrimento da água, de acordo com Troy Wagner, do site Greenroofs.com. Um revestimento à prova d'água é instalado no telhado antes da colocação da relva com cerca de 10 cm de solo leve.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article