Mais
×

Tecnologia e cuidados com bebês prematuros

Atualizado em 25 abril, 2018

Bebês prematuros são tratados na unidade de terapia intensiva neonatal (UTI neonatal) pelo tempo que levar para que eles possam viver sem a tecnologia neonatal. A lógica por trás de cada um dos diversos maquinários é de simular os aspectos do útero materno, de forma que os bebês possam continuar se desenvolvendo. Os bebês prematuros são liberados da UTI quando conseguem regular a temperatura corporal, ganhar peso, respirar sem equipamentos e se alimentar no peito ou na mamadeira.

Antes dos anos 60, cerca de metade de todos os bebês prematuros não sobrevivia; os avanços tecnológicos de hoje aumentaram as taxas de sobrevivência até 95% (Newborn image by jhogan from Fotolia.com)

Camas e incubadoras

Os bebês prematuros podem ser postos em uma cama de tratamento infantil ou uma incubadora, dependendo de suas necessidades imediatas. Os médicos usam uma cama de aquecimento principalmente quando uma criança tem problemas para regular sua temperatura corporal, devido a uma pele fina e falta de gordura. As luzes que ficam acima das camas, chamadas aquecedores radiantes, possibilitam que os bebês utilizem sua energia para crescer ao invés de para se aquecer. As enfermeiras de UTIs neonatais põem um termômetro pequeno e reto na pele do bebê para monitorar sua temperatura. As incubadoras são principalmente para bebês prematuros com sistemas imunológicos subdesenvolvidos. Elas ficam completamente cobertas para proteger o bebê contra germes, com a exceção de buracos para os braços, permitindo o contato dos pais e cuidadores.

Osciladores de alta frequência

Um oscilador de alta frequência mantém os pulmões de um bebê abertos, vibrando o fluxo de ar para dentro e para fora em alta velocidade. O ar é circulado pelos pulmões em 600 a 900 oscilações por minuto; cada oscilação é uma pequena quantidade de ar. Pelo fato da máquina manter abertos os pulmões do bebê enquanto funciona, os pulmões passam por menos tensão de ter que abrir e fechar sozinhos. O corpo portanto põe energia no desenvolvimento, ao invés de simplesmente trabalhar para se manter vivo.

Equipamento de ventilação

Ventiladores são usados para ajudar os bebês a respirarem. Diversas máquinas da UTI neonatal caem nessa categoria. A máquina de pressão contínua positiva nas vias aéreas serve para um bebê que consegue respirar sozinho mas que precisa de mais oxigênio para respirar mais facilmente. Uma capa de oxigênio desempenha um papel similar à máquina de pressão contínua quando posta por sobre a cabeça do bebê. Um respirador, conectado pelo nariz ou boca do bebê essencialmente respira por ele, dando ar, oxigênio e ritmo de respiração. Os ventiladores vêm com umidificadores acoplados para que os pulmões do bebê não se ressequem.

Sensor de saturação de oxigênio

O sensor de saturação de oxigênio, grudado ao pé do bebê, tem uma luz vermelha capaz de penetrar na pele e detectar a quantidade de oxigênio no sangue. O sensor se conecta a um monitor de saturação de oxigênio, que lê o nível de oxigênio e comunica-se com o equipamento de ventilação para aumentar ou diminuir automaticamente o fluxo de oxigênio.

Bombas intravenosas

Enfermeiras e médicos da UTI neonatal usam diversos métodos para fornecer aos bebês prematuros a nutrição necessária antes deles poderem mamar no peito ou na mamadeira. A bomba intravenosa é a máquina posicionada ao lado da cama, a partir da qual nutrientes são liberados em determinados períodos de tempo. A bomba de um bebê prematuro com frequência tem diversos tubos diferentes. Um cateter central perifericamente inserido é posto na direção do coração, por um braço, perna ou couro cabeludo. Ele é usado para liberar fluidos ou recolher amostras de sangue. Os cateteres umbilicais são importantes para bebês prematuros; o resto do cordão umbilical contém veias e artérias através das quais o cateter é passado. Ele pode dispensar medicamentos ou fluidos, ou dar aos médicos leituras de pressão e amostras de sangue. Também são postas sondas intravenosas em veias próximas da superfície da pele, para dispensar remédios ou líquidos.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article