on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Tenores de cabaré dos anos 60 e 70

Atualizado em 12 abril, 2017

Os cabarés eram uma das formas de entretenimento mais populares nos Estados Unidos em torno dos anos de 1960 e 1970. Criado em Paris, no final do século XIX, Shane Vogel o descreveu em seu livro "The scene of Harlem Cabaret" como uma "instituição cosmopolita" composta de música, comédia, dança e teatro juntamente a jantares e bebidas em uma boate ou espaço tipo teatro. Mesmo que nos anos de 1960 e 1970 a cena fosse mais conhecida por lançar artistas femininas, como Bette Midler, há tenores masculinos que também criaram carreira fazendo performances em cabarés.

A primeira apresentação em um cabaré aconteceu em Paris, na França, em 1889 (Comstock/Comstock/Getty Images)

Noel Coward

Noel Coward foi um cantor, diretor e dramaturgo famoso, que começou sua carreira na cena dos cabarés de Nova Iorque e Londres. Coward foi um dos primeiros tenores masculinos a se apresentar no local, fazendo sucesso devido ao seu humor e sua imagem excêntrica, pois normalmente vestia um terno de seda e uma cigarrilha. Dois dos seus espetáculos mais famosos foram "Sweet Potato", escrito em 1968, e "Cowardy Custard", produzido em 1972. "Cowardy Custard" ainda está em cartaz no Teatro Guilford, em Londres.

Loading...

Bobby Short

Bobby Short foi um vocalista e pianista de cabaré que viveu na cidade de Nova Iorque, no Cafe Carlyle, por mais de três décadas, a partir de 1968. Em uma crítica a um de seus espetáculos, a revista Variety afirmou "...ele, miraculosamente, consegue manter um frescor convincente ao proporcionar uma hora de apresentações em ritmo rápido, que chama a atenção e encanta". Short gostava de trazer canções antigas de jazz de artistas como Cole Porter e Duke Ellington ao estilo do cabaré, e foi isso que ele fez até seu falecimento, em 2005.

Steve Ross

Certa vez, Steve Ross foi descrito por Stephen Holden, do jornal New York Times, como "o mais doce dentre todos os artistas de cabaré". Ross surgiu na cena novaiorquina ao final da década de 1970, com suas performances regulares no Hotel Algonquin e no Ted Hook’s Backstage, onde Liza Minelli e Ginger Rogers costumavam levantar de seus assentos para cantar junto. Desde então, a popularidade e o repertório de Steve Ross aumentou imensamente, e ele segue um dos mais célebres tenores atualmente.

Mandy Patinkin

Você pode reconhecer Mandy Patinkin pela sua atuação no espetáculo "The Princess Bride" ou no drama televisivo "Criminal Minds", porém Patinkin começou sua carreira na metade da década de 70, como tenor de cabaré e artista da Broadway. Ele ganhou prêmios Tony e Emmy por suas performances da Broadway e fora dela. A sua apresentação de cabaré chamada "Dress Casual" e sua colaboração com Patti LuPone, "An Evening with...", seguem em cartaz com bilheteria esgotada nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...