Mais
×

Como usar o teorema de Pitágoras para achar o terceiro ângulo de um triângulo

Atualizado em 19 julho, 2017

O teorema de Pitágoras nos diz que em um triângulo retângulo, o quadrado da hipotenusa (o maior lado) é igual à soma dos quadrados dos outros dois lados. Dado o comprimento de quaisquer dos dois lados de um triângulo retângulo, você sempre pode usar o teorema para calcular o terceiro. O ângulo oposto à hipotenusa é, por definição, o ângulo de 90 graus. Como a soma dos ângulos internos de um triângulo têm como soma 180 graus, os outros dois devem ter uma soma de 90 graus. Para encontrá-los, você necessitará de um pouco de trigonometria.

Instruções

Um triângulo isósceles é um tipo especial de triângulo retângulo, tendo vértices de 90, 45 e 45 graus (Comstock/Stockbyte/Getty Images)
  1. Calcule o comprimento do terceiro lado do triângulo retângulo usando o teorema de Pitágoras: A²+B²=C², onde C é o comprimento da hipotenusa.

  2. Assuma que A e B são comprimentos dos dois lados que não são a hipotenusa, que é oposta ao ângulo reto. O seno de um ângulo não reto é definido pela razão entre o lado oposto ao ângulo sobre a hipotenusa. O ângulo oposto a A tem como seno a fração A/C.

  3. Configure a calculadora para trabalhar com graus e não radianos. Procure o valor de A/C. Aperte a tecla "Inv" e depois "Sen". O resultado será o ângulo do vértice oposto ao lado A.

  4. Subtraia o valor de 90 para obter o outro ângulo não reto.

Dicas

  • Se não tiver uma calculadora com os botões "Inv" e "Sen", você poderá utilizar uma calculadora on-line em Math if Fun. Use as teclas "asin".

O que você precisa

  • Calculadora científica
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article