O que são teorias de conteúdo?

Escrito por jennifer vanbaren | Traduzido por césar campos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que são teorias de conteúdo?
As teorias de conteúdo oferecem explicações sobre por que as pessoas são motivadas a terem sucesso ou se adaptarem (Goodshoot RF/Goodshoot/Getty Images)

As teorias de conteúdo são explicações que as pessoas produzem para esclarecer fatores que motivam os indivíduos e o comportamento humano. Várias destas teorias estão difundidas, incluindo a "Hierarquia de necessidades de Maslow" e a "Teoria ERG de Alderfer". Todas elas são baseadas nas explicações motivacionais. Motivação é um termo que se refere às razões pelas quais as pessoas respondem, reagem ou se comportam de uma determinada forma. Ela também considera a vontade ou o desejo que leva os indivíduos a fazerem as coisas.

Outras pessoas estão lendo

Descrição

As pessoas que desenvolveram as teorias de conteúdo observaram os aspectos principais da motivação. Ela pode ser descrita de várias formas, mas geralmente é considerada como uma força que age na mente da pessoa. Esse conceito tenta explicar o que realmente são essas forças e por que elas levam as pessoas a agirem de determinada forma.

Hierarquia de necessidades de Maslow

Em 1943, Abraham Maslow desenvolveu uma teoria de conteúdo conhecida como "Hierarquia de necessidades de Maslow". Ela contém os cinco níveis de necessidades que as pessoas possuem e as baseia em uma ordem específica. Esse conceito tenta explicar que as pessoas são motivadas por necessidades e afirma que cada nível do que é considerado necessário deve ser superado antes que os indivíduos sejam motivados a obter o próximo nível de necessidades. O primeiro nível é o de necessidades fisiológicas, que são as consideradas básicas, como alimentação, abrigo, água, respiração, sono e sexo. Ao elaborar a lista do que é necessário, podem ser citadas as necessidades de segurança, sociais, de estima e de autorrealização. Enquanto a lista se desenvolve até o último item, as necessidades se tornam maiores e sobre aquilo que a pessoa quer, e não necessariamente sobre o que ela precisa. Essa teoria pretende explicar como as pessoas são motivadas em uma determinada ordem.

Teoria ERG de Alderfer

Esta é outra teoria de conteúdo bastante conhecida e está baseada em três necessidades: existência, relacionamento e crescimento. Ela é muito semelhante à de Maslow, pois descreve que as pessoas têm três necessidades básicas. No entanto, também é distinta porque considera que todos os indivíduos são diferentes e únicos. Por isso, esse conceito conclui que as pessoas não são motivadas por necessidades em uma ordem predeterminada e afirma que os indivíduos podem ser motivados ao mesmo tempo, por mais de uma necessidade de cada vez.

Três necessidades de David McClelland

David McClelland desenvolveu uma teoria de conteúdo chamada a “Teoria motivacional das três necessidades", que se baseia nas motivações das pessoas no que se refere a poder, realização e afiliação. De acordo com esse conceito, as pessoas são motivadas a fazer coisas para obter o poder. Elas são estimuladas a receber o crédito por suas realizações. Afiliação é a necessidade motivacional que leva as pessoas a agirem ou fazerem as coisas de uma determinada forma, permitindo que se sintam amadas e aceitas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível