×
Loading ...

Terapia cognitivo-comportamental familiar e de casais

Atualizado em 17 abril, 2017

A terapia cognitivo-comportamental familiar (TCCF) é uma abordagem terapêutica destinada a ajudar casais e famílias com dificuldades em seus relacionamentos. A TCCF olha para comportamentos individuais, padrões de pensamento, emoções, crenças e percepções, analisando os efeitos que estes têm sobre o funcionamento do casal ou da família como um todo. A TCCF está preocupada com as interações existentes entre os membros do casal ou do conjunto familiar e com o significado que provém dessas interações.

Uma família tendo um momento feliz (family image by Pavel Losevsky from Fotolia.com)

Origem

De acordo com os psicólogos Goldberg e Goldberg, autores de "Family Therapy: An Overview" (Terapia de Família: Uma Visão Geral), a TCCF é uma abordagem relativamente nova de tratamento terapêutico em casamento e famílias. Ela decorre do trabalho com indivíduos usando a terapia cognitivo-comportamental (TCC), que foca sobre a maneira como os fatores cognitivos, tais como crenças, atitudes e expectativas afetam comportamentos. Pioneiros no campo incluem Albert Ellis e Aaron Beck, que olharam para a forma como os indivíduos interpretavam um evento em suas vidas de forma negativa por causa de uma crença irracional que tinham.

Loading...

A família como um sistema

A TCCF olha para a família como sendo um sistema. Cada membro tem suas próprias ideias sobre a vida, baseadas em sua experiência individual. Em um casal, essas ideias podem ser muito diferentes devido à família na qual cada um cresceu. Em uma edição de "Terapia Familiar Contemporânea" ("Contemporary Family Therapy"), o Dr. Frank Dattilio afirma que o comportamento de um membro do casal ou da família afeta as emoções, percepções e comportamentos de um outro membro do casal ou da família. Eles estão interligados como algo maior do que eles mesmos.

Abordagem do tratamento

Um terapeuta cognitivo-comportamental irá trabalhar com o casal ou família para entender os processos de pensamento que estão causando interações negativas naquele relacionamento. Isso é feito por meio de atividades estruturadas, como fazer um diário, aprender novas habilidades de comunicação e processar pensamentos e crenças automáticas que cada indivíduo tem. De acordo com Goldberg e Goldberg, membros do casal ou da família podem ser atendidos por sessões individuais antes de iniciar as sessões de grupo.

Avaliação

A avaliação é uma parte contínua e integrante da TCCF. Nessa terapia, a avaliação refere-se à medição dos problemas que o casal ou a família estão enfrentando e continua a medir o progresso conforme a terapia avança. A TCCF utiliza questionários, testes de personalidade e diários de comportamento para saber mais sobre o casal ou a família. No processo de avaliação, informações importantes são descobertas, como o que está acontecendo para ativar um problema comportamental e quais são as consequências desse comportamento.

Linha do tempo

A terapia cognitivo-comportamental (TCC) é um formato de tratamento breve. A TCCF segue muitas das mesmas ideias que a TCC, mas pode ser mais complicada devido ao maior número de pessoas que estão em tratamento ao mesmo tempo. De acordo com Goldberg e Goldberg, a TCCF pode variar de oito a 20 sessões. As sessões geralmente duram uma hora, uma vez por semana. Conforme a terapia progride, podem ser indicadas mais tarefas de casa, e as sessões podem ocorrer com menos frequência.

Loading...

Referências

Recursos

Loading ...
Loading ...