Terapia homeopática para fadiga adrenal

Escrito por carol sarao | Traduzido por giovana moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Terapia homeopática para fadiga adrenal
A terapia homeopática faz uso de recursos naturais (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

As glândulas adrenais são glândulas endócrinas que regulam a resposta do estresse ao liberar cortisol e adrenalina. Muitos profissionais homeopáticos oferecem tratamento para funções abaixo do ideal, também chamadas de fadiga da glândula adrenal. Embora as doenças que a envolvam devam ser diagnosticadas e tratadas por um médico licenciado, você pode consultá-lo quanto à possibilidade de usar a terapia homeopática complementar para promover a saúde da glândula adrenal.

Outras pessoas estão lendo

Fadiga da glândula adrenal

A medicina convencional e a homeopática discordam um pouco sobre a fadiga da glândula adrenal. Os médicos reconhecem a existência de doenças relacionadas à glândula — entre elas, a síndrome de Cushing e a doença de Addison — mas nem sempre consideram a fadiga adrenal como um diagnóstico médico legítimo. Muitos profissionais alternativos alegam que ela não só é uma condição legítima, mas também comum, com sintomas como abstinência de açúcar, sal e cafeína, fadiga, esquecimento, fraqueza, letargia e distúrbios digestivos. Algumas pessoas relatam alívio destes sintomas após terapias homeopáticas.

Terapia adrenal homeopática

Se você visitar um homeopata para fazer a terapia e melhorar o funcionamento da sua glândula adrenal, ele provavelmente começará recomendando mudanças no seu estilo de vida, incluindo eliminar a cafeína, diminuir o consumo de pão branco e açúcar, ingerir mais grãos integrais e frutas frescas e começar um programa natural de alívio de estresse, como a meditação. Ele também pode prescrever remédios de acordo com seu diagnóstico e sintomas. Esses remédios são baseados na filosofia homeopática de que "semelhantes curam semelhantes"; para tratar a doença, um homeopata prescreverá quantidades minúsculas de substâncias que causariam os mesmos sintomas numa pessoa saudável. Para combater a fraqueza e a letargia causadas pela fadiga adrenal, ele pode prescrever ácido fosfórico, Argentum nitricum — feito a partir de nitrato de prata — ou Kalium phosphoricum, uma diluição de fosfato de potássio. Ele pode recomendar mercúrio vivo, feito a partir de mercúrio elementar, para aliviar distúrbios digestivos, bem como a noz-vomitória, feita a partir de sementes da árvore de estricnina. Ele também pode usá-la para ajudar com a confusão mental e pensamento distorcido, que podem resultar da fadiga da glândula supra-renal, bem como magnésia fosfórica para restaurar o equilíbrio emocional. Para elevar o humor, liberar a tensão e promover a cura, ele pode usar Gelsemium sempervirens, feito a partir da raiz da planta de jasmim.

Precauções

Não pare ou reduza quaisquer medicamentos prescritos sem a permissão do seu médico. Embora a medicina homeopática geralmente seja considerada segura por conta de suas quantidades infinitésimas usadas nos remédios, fique atento às vitaminas e suplementos, que podem causar efeitos colaterais e interferirem nos medicamentos prescritos. Não inicie qualquer tratamento com vitaminas ou regime fitoterápico sem consultar seu médico.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível